A UFLA homenageia os servidores que se aposentaram entre setembro de 2019 e agosto de 2020, que muito contribuíram para a história dessa Universidade. Por meio de depoimentos, os aposentados manifestam o amor pelo trabalho que aqui realizaram.


Wagner Pereira Reis - Professor do Magistério Superior
Wellington Pereira Alencar de Carvalho - Professor do Magistério Superior
José Favaro Ribeiro – Motorista
Carlos Mauricio Paglis - Professor do Magistério Superior
Gideon Carvalho de Benedicto - Professor do Magistério Superior
Marcos Aurélio Lopes - Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico
Manuel Losada Gavilanes - Professor do Magistério Superior

Norma Lírio de Leão Joseph - Professora do Magistério Superior
Luiz Carlos de Oliveira Lima - Professor do Magistério Superior
Paulo César da Silva - Técnico em Móveis e Esquadrias
Josemar Silva - Auxiliar de Agropecuária
Maria Aparecida Corrêa Lima – Bióloga
Augusto Ramalho de Morais - Professor do Magistério Superior
Rosemary Gualberto Fonsêca Alvarenga Pereira - Professora do Magistério Superior
Marcio Balestre - Professor do Magistério Superior
Edgar Antônio Vitoi Ramalho - Assistente em Administração
Pedro Milanez de Rezende - Professor do Magistério Superior
Lisiane de Oliveira Orlandi - Assistente em Administração
Nelzy Aparecida Silva Werner - Assistente em Administração

Depoimento Aposentados

#AmorPelaUFLA #EspecialServidoresAposentados

O servidor Wagner Pereira Reis esteve em exercício conosco no Departamento de Agricultura até setembro de 2019:  

“É um prazer falar da minha Universidade, da nossa Universidade, a ESAL/UFLA, onde tive a oportunidade de trabalhar por mais de 30 anos, desde 1988. Mas antes disso eu já participava da vida da ESAL: como aluno colegial eu vivia pela pista de atletismo e tive oportunidade de entrar na graduação em 1977 e, em seguida, fiz o meu mestrado. Então, em 1988 fui agraciado com a imensa alegria de ser parte do seu corpo docente. Fui contratado para trabalhar na cultura do trigo, desenvolver, além dos trabalhos, a formação de recursos humanos a partir da identificação de talentos e treinamentos. Este é o grande legado da UFLA: identifica talentos jovens, homens e mulheres com brilho nos olhos, que vão testificar daquilo que a Universidade pode ensinar e sair dela com os olhos brilhando para o mercado de trabalho, mostrando o que essa Instituição fez para cada um.

Este é o relato para mostrar o meu entusiasmo com aquilo que foi a minha profissão de engenheiro agrônomo, professor universitário, que me permitiu desenvolver junto com os jovens talentos todo o potencial que tinham para as suas atividades agrícolas . Na UFLA pudemos desenvolver ensino, pesquisa e extensão com muita aptidão, para formar, identificar e levar esses jovens a alcançarem aquilo que eles desejam. A UFLA é muito mais que somente uma Universidade, ela faz parte do meu DNA. Hoje, além de aposentado, continuamos na convivência harmônica e cheia de amizades e de honra. Qual o meu desejo para o futuro dela? Que continue a identificar talentos jovens, que querem ser cidadãos comprometidos com esse país. Eu agradeço todos os dias de poder ter feito parte dessa história. Este é o relato de um professor ainda entusiasta, dizendo que nós ainda iremos conquistar grandes horizontes nesse mundo. Muito obrigado!”

  

#AmorPelaUFLA #EspecialServidoresAposentados

O servidor Gideon Carvalho de Benedicto esteve em exercício conosco no Departamento de Administração e Economia até outubro de 2019:

“Tenho 40 anos de docência, e na UFLA trabalhei por 10 anos, dois meses e seis dias, ministrando disciplinas de Contabilidade e Finanças nos cursos de Graduação, Mestrado e Doutorado em Administração. A UFLA para mim é um bom lugar para se trabalhar, um espaço de crescimento pessoal e profissional. O trabalho que realizei na UFLA me proporcionou um maior reconhecimento no meio acadêmico. O que mais sinto falta é a convivência com os colegas de trabalho e as interações com os alunos em sala de aula. Ao longo de minha carreira docente sempre tive um bom relacionamento com os colegas de trabalho, bem como um diálogo respeitoso com os alunos. Eu desejo que a UFLA continue sendo um espaço de bons diálogos, debates de novas ideias, desenvolvimento de pesquisas, geração de novos conhecimentos, formação de bons profissionais, oferecendo benefícios para a sociedade e que continue crescendo e se destacando no cenário nacional e internacional. Aos colegas professores, servidores do quadro de carreira, colaboradores terceirizados, alunos de graduação e pós-graduação, quero expressar a minha gratidão. A todos (as) que, nos momentos de minhas alegrias, juntos sorrimos, nos momentos de minhas tristezas, foram solidários comigo, nas minhas limitações, foram compreensivos, nas minhas fraquezas, ajudaram a tornar-me mais forte.  Por fim, quero expressar o meu agradecimento para a diretoria executiva da UFLA pelo apoio. Sou muito grato por fazer parte desta história.”

#AmorPelaUFLA #EspecialServidoresAposentados

O servidor Wellington Pereira Alencar de Carvalho, que é também nosso ex-aluno, esteve em exercício conosco no Departamento de Engenharia até setembro de 2019: 

“A UFLA é uma excelente instituição, e desejo  o seu crescimento em todos os sentidos. Acredito que tenha contribuído um pouco, significando o nome da Instituição, no período que passei pela UFLA. Foram 1500 certificados e 14 livros e/ou capítulos de livros que anexei em minha prova como titular, várias medalhas no Brasil e no exterior, sempre destacando a ESAL e a UFLA.” 

#AmorPelaUFLA #EspecialServidoresAposentados

O servidor José Favaro esteve em exercício conosco no setor de Transportes até outubro de 2019.

“Trabalhei na UFLA por 43 anos como motorista. Tenho orgulho de participar desta trajetória. Ajudei a transportar o avião que está na UFLA e também os equipamentos da Rádio Universitária, que vieram do Rio de Janeiro, tudo isso há muitos anos. Sinto falta dos colegas, das grandes viagens, dos momentos felizes que passamos juntos. Desejo que a UFLA continue voando como sempre fez, trazendo sempre inovações para o Brasil e para o mundo. Obrigado e que Deus abençoe a nova equipe.”

#AmorPelaUFLA #EspecialServidoresAposentados

O servidor Manuel Losada Gavilanes esteve em exercício conosco até outubro de 2019:

“Trabalhei na ESAL/UFLA por aproximadamente 45 anos, sempre no Departamento de Biologia. A Universidade representa para mim a concretização da carreira de professor e pesquisador no ensino superior (antes de vir para a ESAL, eu era professor do ensino de primeiro e segundo graus em Belo Horizonte). 

O que mais sinto falta é o convívio com os outros professores, dos servidores técnicos e dos terceirizados, de todos os setores. Sinto falta também do convívio com os alunos (dentro e fora da sala de aula), e das atividades levadas a efeito dentro da sala de aula e nos laboratórios.

O que eu desejo para a UFLA é que continue a crescer (em todos os sentidos) e seja reconhecida, cada vez mais, como um polo de excelência em ensino, pesquisa e extensão.”

#AmorPelaUFLA #EspecialServidoresAposentados

A servidora Maria Aparecida Correa Lima esteve em exercício conosco no Departamento de Ciência dos Alimentos até março de 2020. 

“Trabalhei na UFLA por 36 anos. Para mim ela tem um significado enorme: significa tudo. Quando iniciei havia apenas cinco cursos de graduação, hoje são mais de 30. Então eu acompanhei toda essa fase de expansão. Acompanhei sempre tudo com maior amor, carinho e dedicação, sempre me dediquei totalmente à UFLA. Eu vou sentir falta de tudo: das inúmeras amizades que ali conquistei, sentirei falta dos alunos, dos estudantes ali dentro, tudo sempre naquela correria.  Aquele laboratório cheio, a minha sala...aquilo ali que sempre foi uma extensão da minha casa. Cuidei de tudo ali como se estivesse cuidando de minha casa. Desejo para a UFLA sempre tudo de melhor possível, desejo conquistas , e que possamos sempre avançar mais. Meu desejo sempre, então, é que a UFLA continue maravilhosa como sempre foi.”

#AmorPelaUFLA #EspecialServidoresAposentados

O servidor Augusto Ramalho de Morais esteve em exercício conosco até abril de 2020:

“Trabalhei na UFLA por 28 anos, desde início de 1992, no Departamento de Estatística. A UFLA para mim é a oportunidade de realização profissional. O que mais sinto falta é o convívio com os colegas e amigos. Eu desejo que  UFLA continue a se destacar na formação eficiente dos futuros profissionais.”