Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

2ª Prova de ganho de peso de bovinos de corte da Ufla

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Segunda, 10 Julho 2006 21:00 | Última Atualização: Segunda, 10 Julho 2006 21:00

A Universidade Federal de Lavras/Fundação de Apoio a Pesquisa e Extensão (Ufla/Faepe) realizarão, anualmente a Prova de Ganho de Peso de Bovinos de Corte da Ufla (PGP/Ufla) para avaliação genética de reprodutores. Normalmente, esta prova tem inicio no mês de abril e encerramento em outubro, quando então serão apresentados os resultados finais de desempenho. Os garrotes avaliados serão de rebanhos particulares. Após o encerramento da PGP/Ufla, aqueles criadores, se assim o desejarem, terão a oportunidade de colocar seus animais à venda.

O QUE É A PROVA DE GANHO DE PESO DA UFLA

A prova de Ganho de Peso caracteriza-se como importante à seleção para peso pós-desmama e ganho de peso em bovinos corte. Como esses dois atributos são altamente herdáveis, aqueles animais que se destacam na prova, pelo seu melhor desempenho, serão considerados melhoradores de planteis, podendo transmitir parte dessa superioridade à sua progênie.

A prova de ganho de peso é realizada em regime de confinamento com animais recém desmamados, que são mantidos em condições uniformes de manejo e alimentação por um período de 168 dias, sendo 56 de adaptação e 112 de prova. Através do peso final, obtido ao redor de 14 meses, são classificados em três categorias: Elite, Ssuperior e Comum. O grupo elite representa o topo da classificação, ou seja, geralmente classificados com peso 10% acima da média. O grupo superior são aqueles cujo peso final varia de 1 a 10% a mais em relação à média. Os animais do grupo comum não são recomendados como reprodutores, pois estão abaixo do peso final. Também os animais passam por avaliações morfológicas do biótipo econômico e avaliações de caraça por ultra-sonografia.

A seleção dos reprodutores pela Ufla é baseada na classificação em Prova de Ganho de Peso (PGP) no peso aos 426 dias (P426). Quanto melhor a classificação, maior é o valor do chamado Diferencial de Seleção (DS) que pode ser transmitido aos filhos. Diferencial de Seleção (DS) é então uma medida da superioridade do animal no peso aos 426 dias, em relação aos seus companheiros de prova. É importante como uma estimativa do mérito genético do animal como reprodutor melhorador de peso e ganho de peso.

A 2ª Prova de ganho de peso foi iniciada no dia 23/06/2006 - periodo de adaptação - 56 dias)

Mais informações: Tarcisio de Moraes Gonçalves - Professor de Genética e Melhoramento Animal - Departamento de Zootecnia - Universidade Federal de Lavras - Caixa Postal 3.037 - Lavras, MG - Brasil - CEP: 37.200-000 - tel: (35) 3829 1238

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.