Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Periódico 'Ciência e Agrotecnologia', da UFLA, é indexado no SciELO

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Domingo, 03 Dezembro 2006 22:00 | Última Atualização: Domingo, 03 Dezembro 2006 22:00

O periódico “Ciência e Agrotecnologia” editado bimestralmente pela Universidade Federal de Lavras terá suas edições indexadas no “SciELO” (Scientific Electronic Library Online). Com a indexação, a Ufla passa a ser a segunda universidade no estado de Minas Gerais a ter um periódico indexado pelo SciELO, na área de Ciências Agrárias.

A SciELO é o resultado de um projeto de pesquisa da FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, em parceria com a BIREME - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde, com o apoio do CNPq. O objetivo do SciELO é implementar uma biblioteca eletrônica que possa proporcionar um amplo acesso a coleções de periódicos como um todo, aos fascículos de cada título de periódico, assim como aos textos completos dos artigos. O acesso aos títulos dos periódicos e aos artigos pode ser feito através de índices e de formulários de busca, que são constantemente atualizados tanto no seu formato como no seu conteúdo, de acordo com os avanços e os resultados do projeto.

Histórico
Cinqüenta anos depois de sua primeira publicação periódica na área de Ciências Agrárias, em 13 de setembro de 1971, o Conselho Departamental da, então, Escola Superior de Agricultura de Lavras (Esal), criou o seu primeiro Conselho Editorial constituído pelos docentes: Maurício de Souza (Presidente), Wilson Ferreira Gomes, Roberto Maciel Cardoso, Francisco Geraldo França Teixeira de Castro Bahia e Vicente de Paula Vitor. Nesse mesmo ano é lançado o primeiro número de revista periódica “Agros”, responsável pela publicação de vários trabalhos de pesquisa realizados pela Escola. A partir de 1977, foi criado o periódico “Ciência e Prática”. Durante esse período, foram impressos também sob a direção do Conselho Editorial o “Boletim Técnico – Série Pesquisa” (em 1972) e o “Boletim Técnico – Série Extensão” (em 1974). Em 1996, com base em consulta junto à comunidade acadêmica, os nomes da “Revista Ciência e Prática” e do “Boletim Técnico” foram alterados para “Ciência e Agrotecnologia” e “Boletim Agropecuário”, que também receberam novas formatações. Em 1998 foi criada a Editora Ufla, sendo o seu diretor o prof. Luiz Edson Motta. A partir de 2000, a Editora Ufla tem como diretor o prof. Marco Antônio Rezende Alvarenga, sendo o seu Editor o prof. Milton Nagib Jorge Chalfun e atualmente, o prof. Renato Paiva responde pela editoria chefe.

O periódico já está indexado nas bases AGRIS - International Information System for the Agricultural Sciences an Technology (Itália), AGROBASE - Base de dados da Agricultura Brasileira, CAB ABSTRACT - Commomwealth Agricultural Bueaux (Reino Unido), CHEMICHAL ABSTRACTS e ISI (Institute for Scientific Information. Conhecidos como ISI e SciELO, representam um selo de qualidade das revistas científicas.

Segundo o Diretor da Editora da Ufla, prof. Marco Antônio Alvarenga, “como os alunos e os cursos de pós-graduação são avaliados segundo critérios de qualidade e fator de impacto das suas publicações, a indexação da “Ciência e Agrotecnologia” no ISI e SciELO vão atrair artigos dos melhores pesquisadores nacionais e internacionais e disponibilizar para os seus leitores publicações de qualidade ainda maior. Também os cursos de pós-graduação na área de ciências agrárias e ciências afins poderão obter “escores” mais altos e receber mais recursos”.

A partir da indexação os editores esperam que haja um aumento de submissão de artigos de alto padrão científico para a revista e uma melhora substancial na qualidade das publicações. Em 2006, cerca de 850 artigos estão em tramitação no Conselho Editorial, sendo que desse universo 44,2% são de autores da Universidade Federal de Lavras e 41,3% de outros estados.

Para atingir esse resultado, o Conselho Editorial, com apoio da Reitoria, da Faepe, da Pró-Reitoria de Pesquisa, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e da Pró-Reitoria de Administração se empenhou nesta tarefa e uma série de medidas foi implementada, como a implantação do Setor de Editoração, com investimentos em pessoal, tecnologia e programas. Alguns artigos originais passaram a ter uma versão em inglês com novo método de trabalho para aumentar a eficiência do sistema de avaliação de artigos, e ainda, a contratação de profissionais especializados, nas áreas de biblioteconomia e lingüística.

A Diretoria Executiva da Editora Ufla é composta por: Marco Antônio Rezende Alvarenga (Diretor), Renato Paiva, Elias Tadeu Fialho e seu Conselho Editorial: Marco Antônio Rezende Alvarenga (Presidente), Renato Paiva, Cláudia Maria Ribeiro, Carlos Alberto Silva, Elias Tadeu Fialho, Luiz Carlos de O. Lima e Amauri Alves de Alvarenga e como Editor-Chefe: Renato Paiva.

Para o prof. Marco Antônio Alvarenga “a conquista da indexação no ISI e SciELO é um reflexo do amadurecimento dos pesquisadores nacionais e melhora da qualidade da produção científica em Ciências Agrárias e que apesar da indexação no ISI e SciELO ter sido uma grande conquista, o próximo objetivo é conseguir um bom nível no fator de impacto (índice JCR) e fazer com que a revista torne-se Internacional, na avaliação da Capes'.

O Conselho Editorial espera que a partir da indexação a Editora Ufla possa receber melhorias em sua infraestrutura física e de pessoal dotando-a de maior eficiência frente aos novos desafios.

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.