Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Mais um passo rumo à internacionalização: UFLA passa a fazer parte do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras

Publicado: Terça, 11 Dezembro 2012 08:51 | Última Atualização: Segunda, 03 Dezembro 2012 06:57
Cibele Aguiar
[caption id="attachment_17130" align="alignright" width="249" caption="Reitor da UFLA, prof. Scolforo; reitor da UFPR, prof.Zaki Akel Sobrinho; presidente recém-eleita do GCUB, reitora da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), prof. Maria Lúcia Cavalli; ex-presidente do Grupo, reitor da UFRGS, prof. Carlos Alexandre Netto e represnetantes da nova diretoria eleita"][/caption] A Universidade Federal de Lavras (UFLA) é a mais nova integrante do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB), organização de vanguarda no debate sobre a internacionalização da Educação Superior e referência na promoção da integração interinstitucional e internacional, por meio de programas que beneficiam docentes, discentes e técnicos. A UFLA soma-se à lista de 52 instituições que formam o Grupo, e representa mais de um milhão de estudantes de graduação, além dos principais programas de Pós-Graduação Stricto sensu e grupos de pesquisa consolidados no País. A inserção da UFLA no Grupo foi oficializada durante o IV Seminário Internacional e V Assembleia Geral do GCUB, realizada de 28 a 30 de novembro, na Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba (PR). O reitor da UFLA, professor José Roberto Scolforo, esteve presente no evento, que reuniu cerca de 300 gestores de universidades do Brasil, Europa e Américas, envolvidos em debates sobre o tema “A Universidade na Ordem Mundial Contemporânea” e as formas de ampliar a cooperação internacional entre as instituições participantes. Para Scolforo, a UFLA dá mais um passo no processo rumo à internacionalização, reforçando que a Universidade está no caminho para alcançar um patamar de excelência que irá resultar na atração crescente de estudantes do mundo inteiro. “Queremos que nossos estudantes participem de experiências no exterior, mas também queremos receber estudantes com outras culturas e visões, para a troca efetiva de conhecimento e a formação de novas redes de colaboração”, enfatizou. A inserção no Grupo também foi comemorada pelo diretor de Relações Internacionais da UFLA, professor Antônio Chalfun Junior, que destaca, entre as ações do Grupo, o incentivo às ações de cooperação no âmbito do ensino de graduação e pós-graduação, por meio de redes educativas e formações conjuntas, especialmente em áreas emergentes e de impacto social.     A força do Grupo [caption id="attachment_17135" align="alignright" width="249" caption="Reitor da UFLA e reitor da UFPR, prof. Zaki Akel Sobrinho"][/caption] O Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB) foi constituído como associação de dirigentes universitários em novembro de 2008, em solenidade acadêmica realizada na Universidade de Coimbra, Portugal. O GCUB mantém vínculos de intercâmbio científico, pedagógico e cultural com organizações internacionais e com redes de universidades de diferentes continentes, entre elas, a Organização dos Estados Americanos – OEA, o Instituto Internacional de la Unesco para la Educación Superior en América Latina y El Caribe – IESALC, a Asociación Nacional de Universidades e Instituciones de Educación Superior – ANUIES, no México, e com a Agence Universitaire de la Francophonie – AUF. No Brasil, o Grupo busca incrementar a internacionalização das universidades apoiadas por vários órgãos do Governo Federal, como a Capes, o CNPq, a Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (Sesu/MEC) e a Divisão de Temas Educacionais do Ministério das Relações Exteriores (DCE/MRE). O GCUB desenvolve importantes programas de cooperação internacional: Programa de Licenciaturas Internacionais – PLI (Capes-UC-GCUB); Programa de Alianças para a Educação e a Capacitação (OEA-GCUB); Programa de Mobilidade para a Graduação Brasil-México – BRAMEX (ANUEIS-GCUB); e Programa de Mobilidade Internacional para Doutorado – PMID (AUF-GCUB), entre outros. O evento A conferência de abertura do IV Seminário Internacional e V Assembleia Geral do GCUB teve como palestrante Maria Levens, diretora do Departamento de Desenvolvimento Humano, Educação e Cultura da Organização dos Estados Americanos (EUA), que apresentou uma abordagem sobre a internacionalização das universidades. A programação reuniu pesquisadores de diversas áreas e universidades em oficinas e palestras sobre cooperações internacionais e desafios institucionais: “Cooperação Universitária Brasil – Colômbia – Encontro de Reitores e Autoridades Brasileiras e Colombianas”, “Ambiente Normativo Universitário: as Instituições de Ensino Superior e os Desafios Mundiais”, “Cooperação Universitária Luso-Brasileira – Encontro de Reitores Brasil-Portugal” e “Cooperação Universitária – Região Andina e Brasil – Caribe e Brasil”, “Cooperação Universitária Brasil – América do Norte” e “Cooperação Universitária Brasil-Europa”. Visite o site www.grupocoimbrasil.org.br. Fotos: Leonardo Bettinelli e Rodrigo Juste Duarte - UFPR [caption id="attachment_17136" align="aligncenter" width="612" caption="Abertura solene do IV Seminário Internacional e V Assembleia Geral do GCUB"][/caption]  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.