Ir direto para menu de acessibilidade.

Dicas de Português: “Abaixar” ou “baixar”?

Por Carolina Vellei Você  acha que as pessoas  que falam “abaixar” em vez de “baixar” quando está falando de algo relacionado à internet está falando de forma inadequada? Pois saiba que elas não está erradas. No dicionário, baixar e abaixar são sinônimos. No entanto, existe a tendência de se usar a forma “baixar” quando se trata de tecnologia e coisas afins (no sentido de “fazer o download”). Mas não é obrigatório. Na forma culta, usa-se BAIXAR em dois casos: 1) Quando for verbo intransitivo (ou seja, sem objeto direto/indireto), mesmo que acompanhado de adjunto adverbial. Exemplos: – O nível do rio baixou. – O preço dos alimentos baixaram ontem. – A febre do menino baixou. 2) Quando tem o significado de expedir (ordem, instrução, lei, decretos etc., vindos de autoridade pública). Exemplos: – O ministro baixou uma portaria que limita o acesso aos serviços de saúde. Nos outros casos, usa-se ABAIXAR. Mas… como o português é uma língua viva e sofre constantes adaptações com a passagem do tempo, é indiferente usar uma forma ou outra (EXCETO para o caso 2 exposto acima, em que só vale a forma “baixar”). – A mulher baixou (abaixou) as cortinas. – O vendedor não abaixou (baixou) o preço da mercadoria. Consultoria: Dicionário de Dificuldades da Língua Portuguesa Domingos Paschoal Cegalla   Paulo Roberto Ribeiro DCOM