Ir direto para menu de acessibilidade.

Departamento de Ciência do Solo - DCS

Vista parcial do DCS
Vista parcial do DCS

O Departamento de Ciência do Solo da UFLA (DCS) teve início no Instituto de Química John H. Wheelock, através do Laboratório de Fertilidade do Solo, inaugurado em 1964, com recursos do Instituto Brasileiro do Café (IBC). Suas instalações iniciais ocupavam o que é hoje a Cooperativa de Consumo dos Servidores da UFLA, no Campus Histórico desta universidade. Ao mudar-se para o Campus Novo, o Setor de Solos passou a fazer parte do Departamento de Química e Tecnologia, desmembrado em 1973 para dar origem aos Departamentos de Química, Ciência dos Alimentos e Ciência do Solo.

Entre as principais atividades do DCS já se destacavam, desde o início, o oferecimento de disciplinas nas áreas de Ciência do Solo para os cursos de graduação da então Escola Superior de Agricultura de Lavras (ESAL) e o atendimento a produtores rurais, através do setor de análises de amostras de solo, plantas, adubos e corretivos, bem como a recomendação de adubação.

Como resultado do treinamento de seus docentes, o DCS deu início a diversos projetos de pesquisa. Em função desses projetos, do nível de treinamento dos docentes e da participação dos mesmos em cursos de pós-graduação na UFLA e outras instituições do país, o DCS iniciou em 1976 o programa de pós-graduação em Agronomia/Solos e Nutrição de Plantas, nível de mestrado.

Da evolução das linhas de pesquisa, continuação da capacitação do corpo docente e consolidação do mestrado, foi criado em 1994 o curso de doutorado dentro do mesmo programa. Desde sua criação, a filosofia de trabalho do DCS tem sido a combinação de um embasamento teórico e prático para a solução de problemas da agricultura brasileira.

Hoje, o ensino na pós-graduação e a pesquisa somam-se àquelas atividades desenvolvidas desde o início da década de sessenta. A estrutura do departamento conta atualmente com os setores de Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas; Física e Conservação do Solo e Água; Microbiologia e Bioquímica do Solo e Pedologia e Química do Solo. As atividades de ensino compreendem disciplinas de graduação e de pós-graduação. Além do programa de pós-graduação “Strito Sensu” em Agronomia/Solos e Nutrição de Plantas, nos níveis de mestrado e doutorado, o DCS oferece os cursos de pós-graduação em Solos e Meio Ambiente e Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas no Agronegócio, em nível de Especialização na modalidade “Lato Sensu”, além de cursos de extensão sobre Interpretação de Resultados de Análise e Recomendação de Calagem e Adubação e Controle da Erosão no Meio Rural. As atividades de pesquisa são focadas nas linhas de pesquisa de Fixação Biológica de Nitrogênio; Micorrizas; Organismos e Processos Biológicos do Solo; Corretivos; Fertilizantes e Aproveitamento de Resíduos; Dinâmica e Disponibilidade de Nutrientes no Sistema Solo-Planta; Manejo e Conservação do Solo e da Água; Nutrição, Metabolismo e Diagnose de Plantas; Pedologia e Uso do Solo e Dinâmica da Matéria Orgânica em Solos Tropicais.

Contato

Telefone: (35) 3829-1251
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Acesse o site do DCS (abre em nova janela)