Ir direto para menu de acessibilidade.
PARCERIAS

UFLA e Receita Federal em Minas Gerais reuniram-se para discutir projetos conjuntos

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Segunda, 08 Fevereiro 2021 16:04 | Última Atualização: Segunda, 08 Fevereiro 2021 18:29 | Acessos: 1081
Gentileza solicitar descrição da imagem

Na sexta-feira (5/2), uma equipe da Receita Federal esteve na Universidade Federal de Lavras (UFLA) para tratativas que buscam a formalização de parcerias entre as duas Instituições. A abertura da reunião foi feita pelo reitor, professor João Chrysostomo de Resende Júnior e, posteriormente, foi conduzida pelos representantes da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (FCSA/UFLA) e da Pró-Reitoria de Infraestrutura e Logística (Proinfra). 

As parcerias em negociação deverão ocorrer no âmbito da 6ª Região Fiscal da Receita Federal, representada, no encontro, pelo superintendente, Mario Jose Dehon São Thiago Santiago. Uma das vertentes de atuação colaborativa entre as duas instituições é voltada para a oferta de uma turma específica do curso de mestrado profissional em Administração Pública para servidores da Receita que exercem funções estratégicas em Minas Gerais. As negociações já se iniciaram e as equipes estão discutindo as demandas da Receita Federal, o projeto pedagógico, grade curricular e outros detalhes necessários à oferta.

O diretor da FCSA, professor Dany  Flávio Tonelli, comenta que o processo de estruturação da proposta para o convênio está em curso. "O colegiado do Programa de Pós-Graduação em Administração Pública (PPGAP) aprovou a continuidade das tratativas, e outras reuniões serão necessárias para a formatação final desse convênio, a ser celebrado em momento oportuno". A oferta do Mestrado Profissional em Administração Pública para demandas específicas já ocorre em parceria com o Ministério da Educação (MEC). "Já atendemos a servidores do MEC no passado e temos atualmente outra turma em curso com o MEC. São experiências positivas, e acreditamos que o mesmo se dará com a RF, já que seus profissionais têm ampla experiência a compartilhar, com muitas práticas de inovações de gestão".

Outra vertente de atuação conjunta, em pauta na reunião, foram as ações de destinação de materiais apreendidos pela Receita Federal. A UFLA já vem fazendo a descaracterização do fumo recolhido nas operações, para transformá-lo em adubo. "Estamos também finalizando um equipamento para destruir a caixas de cigarro, separando filtro, nicotina e tabaco. O filtro poderá ser utilizado nas pesquisas com materiais, e os demais componentes seguirão para transformação em adubo.  É uma forma de devolvermos o material de forma sustentável ao meio ambiente, dando destinação correta ao que foi apreendido nas operações", explica o pró-reitor de Infraestrutura e Logística da UFLA, professor Sandro Pereira da Silva.

UFLA e Receita Federal em Minas Gerais reuniram-se para discutir projetos conjuntos

O professor João Chrysostomo destaca que as parcerias entre instituições públicas fortalecem a prestação de serviços aos cidadãos e trazem benefícios para a toda a sociedade. "Essas ações enriquecem a UFLA no ensino, na pesquisa e na extensão. Ao mesmo tempo, podemos colocar o conhecimento acadêmico à disposição da Receita Federal, em uma colaboração recíproca para resolver questões de interesse público”, avalia.

Também participaram da reunião o chefe do Departamento de Administração Pública, professor Dênis Renato de Oliveira; o coordenador do PPGAP, professor José de Arimateia Dias Valadão; o coordenador do curso de graduação de Administração Pública, professor Renato Silvério Campos, além de membros do colegiado do PPGAP - os professores Heitor Augustus Xavier Costa, Janderson Martins Vaz e Camila Maria Risso Sales. Acompanhando o superintendente da Receita Federal estavam o superintendente adjunto e representantes das áreas de capacitação, gestão de pessoas e logística.