Ir direto para menu de acessibilidade.
internacionalização

UFLA visita universidades na Inglaterra para parcerias no Capes PrInt

Escrito por Camila Caetano | Publicado: Sexta, 05 Abril 2019 11:53 | Última Atualização: Terça, 16 Abril 2019 11:07 | Acessos: 2643
Gentileza solicitar descrição da imagem

Durante os próximos quatro anos, a Universidade Federal de Lavras (UFLA) receberá R$11,5 milhões da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para a implementação do Programa Institucional de Internacionalização (PrInt), que auxiliará em missões de trabalho no exterior, recursos para manutenção de projetos, bolsas no exterior (doutorado sanduíche, professor visitante júnior e sênior e capacitação em cursos de curta duração), e bolsas no Brasil (jovem talento, professor visitante e pós-doutorado). Tudo isso terá o intuito de melhorar a formação dos estudantes bem como a qualidade das pesquisas desenvolvidas.

Neste sentido, a UFLA já deu início à primeira etapa: visitar universidades internacionais de qualidade para fortalecer as parcerias já existentes e ainda obter novas oportunidades de colaboração. A primeira missão foi realizada em Nottingham, Rothamsted Research e Lancaster, todas na Inglaterra, pelos professores Rafael Pio (pró-reitor de Pós-Graduação), Márcio Machado Ladeira (pró-reitor adjunto de Pós-Graduação); Antônio Chalfun Júnior (diretor de Relações Internacionais); Luiz Roberto Guimarães e Mário Lúcio Vilela Resende. Essa equipe, pertencente ao grupo gestor do Capes PrInt esteve em missão entre os dias 18 e 27 de março.WhatsApp Image 2019 04 04 at 08.27.04

De acordo com o pró-reitor de Pós-Graduação da UFLA, ao total serão disponibilizadas 84 cotas de doutorado sanduíche, distribuídas entres os programas 5, 6 e 7, nos anos 2019, 2020, 2021. Além disso, durante as visitas, o grupo gestor identificou ainda a possibilidade de captação de recursos internacionais, visto que essas instituições contem projetos já aprovados que poderão ser aplicados nas universidades brasileiras que integram o Capes PrInt.

Todas as pesquisas e demais ações realizadas em parceria com as universidades internacionais estarão focadas em um único tema de interesse: produção de alimentos e segurança alimentar. Os programas da UFLA que farão parte do Capes Print são: Ciência do Solo; Genética e Melhoramento de Plantas; Microbiologia Agrícola; Ciência dos Alimentos; Zootecnia; Entomologia; Fitopatologia; Fitotecnia; Agroquímica; Administração; Ciências Veterinárias; e Engenharia de Biomateriais. A previsão é de que o projeto Capes PrInt inicie em novembro deste ano.

WhatsApp Image 2019 04 04 at 08.28.09Com essa iniciativa, a Capes pretende ampliar as ações de apoio à internacionalização na pós-graduação e o consequente aprimoramento da qualidade da produção acadêmica. A equipe da UFLA ainda visitará outras universidades importantes dos Estados Unidos e da França.

Seleção Capes

Para participar da seleção, era necessário ter, no mínimo, quatro programas de pós-graduação recomendados pela Capes na última Avaliação Quadrienal, além de, pelo menos, dois cursos de doutorado. As propostas foram analisadas por especialistas nacionais e internacionais. Das 25 instituições brasileiras contempladas, apenas quatro são de Minas Gerais: UFLA, UFMG, UFV, UFU.

A elaboração do projeto envolveu a Diretoria de Relações Internacionais (DRI), as pró-reitorias de Pós-Graduação (PRPG), Pesquisa (PRP) e Graduação (PRG), entre outras e assessorias da reitoria. 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.