Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Estudantes da UFLA organizam II Encontro da Consciência Negra

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Segunda, 28 Novembro 2016 11:28 | Última Atualização: Segunda, 21 Novembro 2016 08:52
[caption id="attachment_125449" align="alignleft" width="191"]Equipe organizadora do II Encontro da Consciência Negra Equipe organizadora do II Encontro da Consciência Negra[/caption] Estudantes e professores da Universidade Federal de Lavras (UFLA) realizaram mais uma vez o Encontro da Consciência Negra, em Bom Sucesso, com o tema “Mulher no movimento negro”. O evento contou com a participação de aproximadamente 200 pessoas. A estudante em Letras Greicielle dos Santos e o graduando em Filosofia Fred Wilson de Almeida Junior, que têm acompanhando as discussões relacionadas ao movimento negro em Lavras, por meio do Coletivo Negritude, resolveram novamente incentivar a discussão sobre o tema também em Bom Sucesso, com o apoio do professor do Departamento de Educação (DED/UFLA) Celso Vallin. [caption id="attachment_125451" align="alignleft" width="191"]exibicao-do-documentario-dandaras Nesta edição houve a exibição do documentário: "Dandaras: A força da Mulher Quilombola"[/caption] O evento foi realizado no dia 17 de novembro.  “Nesta edição tivemos a oportunidade de refletir a respeito da mulher no movimento negro, foi uma manhã agradável e enriquecedora. A presença de cada um foi fundamental para a realização do nosso segundo Encontro”, relata a estudante Greicielle. [caption id="attachment_125450" align="alignright" width="166"]estudantes O evento contou com cerca de 200 participantes[/caption] Na ocasião, a palestrante Miriam Alves, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), por meio de sua experiência frente ao movimento “Bloco das Pretas” em Belo Horizonte, possibilitou a conscientização do público em relação ao papel da mulher negra frente a esses movimentos de resistência. Também compuseram a mesa de debate a professora da Escola Estadual Antônio Carlos de Carvalho (EEACC) Cristiane Valéria, a estudante da Escola Estadual Benjamin Guimaraes (EEBG) Geicimara Kelen, e a estudante Graziele Inácio da EEACC, tendo como mediadora a estudante de Educação Física da UFLA Bianca Stefany. [caption id="attachment_125448" align="alignright" width="169"]Grupo Coco da Baunilha de Lavras Grupo Coco da Baunilha de Lavras[/caption] O evento também contou com a participação do grupo Coco da Baunilha de Lavras, com a exibição de um dos principais ritmos da cultura nordestina, marcado pela leva dos instrumentos de percussão, também com influências indígenas e africanas.  
Camila Caetano - jornalista/ bolsista UFLA. 

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.