Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Startup vencedora de etapa local do desafio Ideas for Milk é formada por integrantes do DMV/UFLA

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Quinta, 01 Dezembro 2016 08:22 | Última Atualização: Sexta, 25 Novembro 2016 14:41
[caption id="attachment_125798" align="alignleft" width="249"]Foto: Inbatec Foto: Inbatec[/caption] A Agência de Inovação do Café (InovaCafé), sediada na Universidade Federal de Lavras (UFLA), foi palco da etapa final local do desafio de startups Ideas for Milk, promovido pela Embrapa Gado de Leite em parceria com 11 universidades. Cinco propostas finalistas foram apresentadas durante o evento realizado na quarta-feira (23/11) - e uma delas foi selecionada para participar da final nacional em 13/12, em Brasília, durante a qual apenas oito projetos estarão concorrendo. A vencedora foi uma equipe integrada por membros do Departamento de Medicina Veterinária (DMV/UFLA). Eles apresentaram a proposta da  startup “Meu Leite - muitos problemas, uma solução”. Considerado o melhor projeto, Meu Leite é um aplicativo para dispositivos móveis que permite ao consumidor identificar a origem do leite que está comprando. Produtores, por sua vez, poderão conhecer o alcance de vendas de seu produto. É uma ferramenta tecnológica que integra produtores, consumidores e laticínios. O coordenador do projeto da startup é o professor do DMV Marcos Rodrigues de Mattos. O grupo é integrado por sete pessoas, sendo três delas estudantes de Medicina Veterinária da UFLA (Fernanda Paul, Isabella Cozardi e Lorena Pontes). Os demais membros são os programadores Job Vitral, Denis Pereira e Carlos Carvalho. Empresas juniores da Instituição - Vita Jr., PQ Jr. e Robótica Jr. – também estiveram envolvidas no desenvolvimento projeto. Para o professor Marcos, a participação no desafio foi um passo importante rumo à inovação. “Posso dizer que inicialmente eu [caption id="attachment_125811" align="alignright" width="249"]A equipe "Meu Leite" foi a vencedora da etapa local do Desafio. Foto: Inbatec. A equipe "Meu Leite" foi a vencedora da etapa local do Desafio. Foto: Inbatec.[/caption] não tinha conhecimentos sobre startups. Com o desafio, precisei aprender sobre administração e sobre o desenvolvimento de um produto. Ao final desse processo, é um privilégio ter a expectativa de colocar em prática uma solução para um problema que identificamos há tanto tempo – a falta de comunicação entre os atores da cadeia produtiva do leite”, avalia. As universidades parceiras da Embrapa no desafio Ideas for Milk são consideradas referência para o agronegócio e para as tecnologias da informação. De acordo com analista de pesquisa da Embrapa Gado de Leite, Vanessa Pereira, esse é o primeiro desafio de startups do Brasil específico para a cadeia produtiva do leite. “A ideia é fomentar a busca de soluções inovadoras para a área”, diz. Para o chefe adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Gado de Leite, William Fernandes Bernardo, as universidades têm papel importante no projeto. “Nas Universidades estão pessoas e equipes que geram conhecimento, e que, portanto, podem contribuir para o desenvolvimento do país”. O julgamento das cinco propostas finalistas da etapa local foi realizado por uma banca  formada pelo pró-reitor de Extensão e Cultura da UFLA, professor João José de Sá e Melo Marques; o pró-reitor de Pesquisa, professor Teodorico Ramalho; a presidente da empresa júnior Terra Jr., Karen Silva; a gestora de Ciência e Tecnologia e gerente da Inbatec/UFLA, Tayfane Priscilla Guimarães Coimbra; o cientista de dados da Litteris Consulting  Fernando Peçanha Madeira Cardoso; os representantes da Embrapa Grado de Leite Vanessa Pereira, Alessandro Guimarães e Cláudio Paiva; a analista e gestora do projeto Identidades Startup Regional Sul de Minas do Sebrae, Tathyana Bastos; e a coordenadora do curso de Ciência da Computação da UFLA, professora Marluce Rodrigues Pereira.for-milk-1 Com a realização do evento na UFLA, o coordenador da Inbatec e do Parque Tecnológico, professor Luiz Gonzaga de Castro Júnio, também diretor da InovaCafé, destacou a importância do desafio para a cultura do empreendedorismo. “Esse evento se junta a outros destinados ao estímulo do empreendedorismo e da inovação. É importante porque desperta no estudante o interesse pela área”, comenta. Algumas propostas que participaram do desafio tiveram a orientação da Inbatec e do projeto Empreende UFLA, do Centro de Inteligência em Mercados (CIM). Conheça as demais propostas finalistas da etapa local: 2º lugar – Leite.br Ferramenta digital de gerenciamento e análise de informações, que otimiza processos decisórios referentes à seleção de vacas leiteiras eficientes. O software simplifica o lançamento de dados individuais e opera a partir de modelo matemático que relaciona vários indicadores zootécnicos, ranqueando os melhores animais do rebanho. 3º lugar – Balde de Dados (equipe do CIM) Aplicativo para produtores e profissionais da área leiteira para facilitar a gestão e auxiliar tomadas de decisões. Por meio dele é possível controlar todos os animais do rebanho quanto a partos, inseminações, divisão em lotes, pesagens de leite e animais aptos a protocolo, além de geração de relatórios. 4º lugar – De olho na Vaca Ferramenta para identificação e solução de problemas relacionados ao manejo dos animais com referências visuais, relatórios comparativos, sugestões para os problemas identificados e comunicação entre usuários. Ao mesmo tempo, os dados levantados coletivamente pelos usuários contribuem para o desenvolvimento de inteligência de mercado em um setor carente de estatísticas oficiais. 5º lugar – NutriVaca Aplicativo de nutrição animal, que disponibiliza ao produtor a dieta mais adequada, de acordo com período produtivo, idade do animal e época do ano. Com isso, tem-se uma ferramenta para alavancar a produtividade do rebanho, já que alimentação é um dos principais fatores para alto desempenho. Para visualizar outras fotos, acesse a página da Inbatec/UFLA no Facebook. Texto com colaboração da jornalista Vanessa Trevisan (Assessoria de Comunicação da InovaCafé)

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.