Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Mestrado em Nutrição e Saúde é a nova opção de pós-graduação na UFLA

Escrito por Cibele | Publicado: Quarta, 21 Dezembro 2016 10:52 | Última Atualização: Quinta, 08 Dezembro 2016 14:29
selo-pos-site-2017-neutro-1A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou, na quarta-feira (7/12), a recomendação da proposta do Departamento de Nutrição da Universidade Federal de Lavras (DNU/UFLA) para o Programa de Pós-Graduação em Nutrição e Saúde (PPGNS). O curso de Mestrado em Nutrição e Saúde terá duas linhas de pesquisa: “Alimentação e Nutrição Humana" e “Nutrição Básica e Metabolismo”. Essas áreas apresentam relação entre si ao considerar que a pesquisa na área de metabolismo pode ser utilizada para confirmar ou não hipóteses levantadas em estudos observacionais relacionadas à nutrição e alimentação humana, com subsequente aplicação em indivíduos e comunidades. Serão ofertadas 12 vagas anuais, com previsão de início em 2017. De acordo com a Câmara de Avaliação da Capes, todos os quesitos foram avaliados como adequados, estando evidenciado o apoio institucional à proposta. Eles destacaram a infraestrutura para a implantação do curso, o delineamento da proposta pedagógica, a qualificação e experiência do corpo docente. A coordenadora da proposta é a professora Lívia Garcia Ferreira (DNU). Ao todo, serão 14 docentes, sendo 12 permanentes e dois colaboradores. A equipe do Programa inclui a participação de professores de outros departamentos da Universidade, como Ciência dos Alimentos (DCA), Ciências da Saúde (DSA) e Educação Física (DEF). Além disso, os docentes do DNU estão integrados a quatro grupos de pesquisa cadastrados no CNPq e com projetos de iniciação científica em andamento: Grupo de Pesquisa em Nutrição Experimental e Metabolismo, Nutrição em Saúde Pública, Nutrição Clínica e Dietética e Alimentos e Alimentação Coletiva – o que fortalece a proposta do programa. Para a coordenadora Lívia Ferreira, um dos diferenciais do curso é que ele será o primeiro mestrado na área de nutrição e saúde ofertado no Sul de Minas, atendendo à uma forte demanda regional. Como primeiro programa de pós-graduação do DNU, o curso também deverá fortalecer o curso de graduação em Nutrição, além de servir como opção de continuidade na área acadêmica para egressos da UFLA e de outras instituições. Apoio institucional Para o pró-reitor de Pós-Graduação, professor Rafael Pio, a recomendação do Programa reforça o incentivo da Universidade para a ampliação da pós-graduação, estimulando que novas áreas do conhecimento sejam contempladas. “A oferta de um curso em nova área do conhecimento vai ao encontro das metas da UFLA, que é ampliar as opções de formação na pós-graduação para atender as demandas da sociedade”, considerou. Por dentro das temáticas O Mestrado em Nutrição e Saúde terá como público-alvo, profissionais com formação de nível superior em Saúde, Nutrição, Alimentos e áreas afins, em cursos devidamente reconhecidos pelo MEC. Destaca-se que a área de Nutrição e Saúde baseada em evidências tem expandido nos últimos anos como estratégia importante de fomento de novas teorias biológicas e de potencialidades de cuidado à saúde humana. Outro importante aspecto é a associação entre o consumo de diferentes composições dietéticas e a ocorrência de alterações metabólicas que interferem nas respostas fisiológicas e patológicas dos indivíduos. A avaliação dos efeitos de diferentes compostos dietéticos e nutrientes específicos amplia a abordagem da terapêutica nutricional no âmbito clínico e social, que se destacam por suas contribuições para a compreensão do processo de saúde-doença. Além disso, o desenvolvimento e caracterização de alimentos e compostos bioativos, os quais poderão ser avaliados no metabolismo humano por meios de testes clínicos e experimentais, propiciam a oferta de produtos cujo consumo poderá promover efeitos benéficos para a saúde.