Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Ranking GreenMetric: UFLA é a universidade mais sustentável da América Latina

Publicado: Quarta, 06 Setembro 2017 11:50 | Última Atualização: Sexta, 30 Dezembro 2016 08:03
Pelo quinto ano consecutivo, a Universidade Federal de Lavras (UFLA) aparece no UI GreenMetric World University Ranking 2016 como a instituição de ensino superior mais sustentável do Brasil, a primeira da América Latina e a 38ª entre todas as universidades participantes. Anualmente, o ranking internacional sinaliza os esforços em sustentabilidade e gestão ambiental das instituições de ensino superior em todo o mundo. Esse desempenho tem contribuído para que a UFLA seja reconhecida como exemplo e referência pela gestão ambiental adotada no câmpus, que alia expansão e sustentabilidade. De forma recorrente, representantes da Universidade são convidados a apresentar o Plano Ambiental e Estruturante em eventos nacionais e internacionais que tratam da temática ambiental. A UI GreenMetric divulgou os resultados do ranking mundial nessa quinta-feira (29/12). Esta é a sétima edição do ranking, que compara os esforços das universidades com gestão ambiental do câmpus. Neste ano, participaram 516 universidades de 74 países. Na lista das universidades mais sustentáveis, a UFLA coloca a bandeira do Brasil em destaque na 38ª posição, sendo que a segunda instituição brasileira no ranking ocupa a posição 139 - Universidade Federal de Viçosa (UFV). Apenas 14 instituições brasileiras são representadas, sendo sete universidades federais, duas estaduais, um instituto federal e quatro particulares. Entre elas, a Universidade de São Paulo (USP) ocupa a posição 278.   A avaliação é organizada sob seis categorias principais: estrutura do câmpus e áreas verdes, consumo de energia, gestão de resíduos, uso e tratamento de água, políticas sobre transportes e atividades acadêmicas relacionadas ao meio ambiente. A University of California Davis, nos EUA, foi classificada em primeiro lugar, seguida pela Universidade de Nottingham no Reino Unido e terceira posição é realizada pela Wageningen University & Research, Países Baixos. Universidade de Connecticut, Universidade de Oxford, Universitat Fur Bodenkultur Wien, Keele University, Universidade de Berkeley Califórnia e Nottingham Trent University estão no top 10 de classificação. Orgulho institucional Para o reitor, professor José Roberto Scolforo, idealizador do Plano Ambiental e Estruturante, a posição no ranking 2016 consolida a imagem da Universidade como uma das instituições mais atuantes no que tange à gestão ambiental, aliando crescimento e sustentabilidade. “O importante é que estamos contribuindo para a formação de profissionais comprometidos com a preservação ambiental, por meio de diversas ações que podem ser vivenciadas na própria universidade. Este é o resultado de um esforço coletivo, que envolve toda a comunidade acadêmica. Não se trata de um plano acabado, concluído; pelo contrário, suas ações devem ser constantemente atualizadas para uma evolução contínua”, reforça. Além disso, o destaque no ranking de sustentabilidade contribui para o estabelecimento de novas ações e diretrizes para que a UFLA seja reconhecida, em médio prazo, entre as melhores instituições de ensino superior do mundo. Rede de colaboração [caption id="attachment_127074" align="alignleft" width="249"] Professor Luiz Roberto durante a apresentação no evento, realizado na Indonésia[/caption] A novidade deste ano é que a UI GreenMetric iniciou uma rede de colaboração, da qual a UFLA faz parte, com o objetivo de oferecer um fórum permanente para as universidades compartilharem experiências e práticas exitosas na implantação de seus planos ambientais. Em 2016, as ações da UFLA foram destacadas na programação do 2º International Workshop on UI GreenMetric 2016, realizado na Indonésia. O professor Luiz Roberto Guimarães Guilherme (DCF), representando o reitor da Universidade, apresentou as principais a estratégicas ambientais adotadas e o estado da arte – onde estamos, de onde viemos e onde queremos chegar. A abordagem do professor Luiz Roberto foi elogiada pelos organizadores, rendendo o convite para a participação na edição 2017 do evento, que será realizada na Turquia. Confira o UI GreenMetric World University Ranking 2016  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.