Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

O que mexe com o seu corpo, mulher?- tema será o foco do Dia Internacional da Mulher na UFLA

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quinta, 09 Março 2017 13:12 | Última Atualização: Terça, 07 Março 2017 12:21
[caption id="attachment_127943" align="alignleft" width="181"] Arte produzida por Denian Castro[/caption] O Coletivo Mulheres da UFLA realizará nesta semana o evento “Nem tudo são flores 2.0”, em menção ao Dia Internacional das Mulheres. De acordo com a organização, o evento terá como objetivo expor as formas de subjugamento do "ser" mulher através da objetificação dos corpos concomitante às violências que isto acarreta, sendo estas de cunho físico e/ou moral. Ou seja, o que mexe com o seu corpo, mulher? Em três dias de evento, serão realizados debates pertinentes para a comunidade acadêmica. “O intuito é de (re)formular opiniões e buscar formar um espaço de ocupação e resistência para nós, mulheres e estudantes da UFLA”, comenta a organização. A programação terá início nesta quarta-feira (8/3) às 9h30 no Centro de Convivência. Às 12h haverá a apresentação das bandas Manada e As costureiras. No período da tarde iniciam as palestras com as professoras Catarina Dallapicula e Rose Oliveira. No dia 9/3 ocorrerá o CineDebate do documentário “The Hunting Ground”. Para finalizar haverá a exposição “A arte de ser mulher: o que te movimenta” no Museu Bi Moreira, no câmpus histórico da UFLA. O evento conta com apoio da Coordenadoria para Assuntos da Diversidade e Diferenças da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (Praec), Pró-Reitoria De Extensão e Cultura (Proec), Diretório Central dos Estudantes (DCE), Associação dos Docentes (AdUFLA), e Sindicato dos Servidores Técnicos Administrativos (SindUFLA). Camila Caetano – jornalista/ bolsista UFLA.