Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Roda de conversa sobre saúde mental movimenta Centro de Convivência na UFLA

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quarta, 19 Abril 2017 11:53 | Última Atualização: Quinta, 23 Março 2017 07:31
Uma roda de conversa movimentou o Centro de Convivência da Universidade Federal de Lavras (UFLA) nesta quarta-feira (22/3). Com a temática “Com sua mente em paz, você pode mais. Cuide da sua saúde mental”, os psicológos Ismael Pereira de Siqueira, Vanessa Maria Carvalho Coelho, Renato Ferreira de Souza e Ricardo Correa Pacheco, além do psiquiatra Ulisses de Miranda Vieira, conduziram o bate-papo sobre ansiedade, depressão, transtorno obsessivo compulsivo, síndrome de Burnout e suicídio. A campanha faz parte de uma iniciativa conjunta da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (Praec – Coordenadoria de Saúde) e do Departamento de Ciências da Saúde (DSA), por meio do projeto “Minuto da Saúde”. A ação tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig) e do Centro Acadêmico de Medicina (Cambape). A coordenadora de Saúde da Praec, professora Kátia Poles, explica a escolha da temática: “Primeiramente estamos nos organizando de acordo com a agenda da Organização Mundial da Saúde (OMS), e o mês da depressão é em abril. Contudo, como estaremos em período de férias, optamos por fazer agora em março, que por sinal, escolhemos devido ao final do semestre, em que os estudantes estão tensos com provas, trabalhos”. A professora reforça que esta é uma demanda interna da UFLA, um período da vida dos estudantes em que há mais exigências. “Às vezes eles não conseguem lidar com todas as demandas. Estão experimentando uma nova fase, é difícil lidar com tudo isso e manter uma saúde mental equilibrada”, complementa. A pró-reitora de Assuntos Estudantis e Comunitários, professora Ana Paula Piovesan Melchiori, ressalta a importância da realização de campanhas, para que haja um fortalecimento na prevenção de doenças, indo além da medicina curativa. A professora Kália Poles compartilha da mesma opinião, ela afirma que é necessário mostrar para as pessoas como elas podem reagir às distintas situações. “São desafios que devem ser enfrentados a vida toda, por isso é necessário esse empoderamento”. Durante a roda de conversa, das 11h30 às 12h30 e das 20h às 21h, a comunidade acadêmica interagiu com os profissionais e diversas dúvidas foram sanadas. Essa é a segunda campanha institucional do “Minuto da Saúde” promovida neste ano. A primeira abordou as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s) e ocorreu em período anterior ao Carnaval (Relembre). Texto: Camila Caetano, jornalista- bolsista DCOM/Fapemig. Veja também a matéria exibida na TVU Lavras: https://www.youtube.com/watch?v=0Burhyz2PqE