Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Área de Letras da UFLA passa a integrar Departamento de Estudos da Linguagem (DEL)

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Sexta, 02 Junho 2017 09:03 | Última Atualização: Terça, 30 Mai 2017 14:55
Na sessão do Conselho Universitário (CUNI), realizada em 24/5, foi aprovada a proposta de criação, na Universidade Federal de Lavras (UFLA), do Departamento de Estudos da Linguagem (DEL). A nova unidade é formada pela equipe do curso de Letras, anteriormente integrada ao  Departamento de Ciências Humanas (DCH). O corpo docente do DEL é formado por 22 professores, incluídos nessa relação cinco professores que anteriormente estavam lotados no Departamento de Educação (DED), mas que se juntam à equipe por terem um trabalho voltado para a área de linguagens. DEL e DCH estarão localizados conjuntamente no prédio onde hoje funciona o DCH, apenas com uma reestruturação da divisão de salas. A professora do DCH Márcia Fonseca de Amorim explica que novas eleições irão definir, em breve, as chefias de ambos os departamentos (DEL e DCH). No total, o DEL terá a oferta de 76 disciplinas, entre obrigatórias, eletivas, disciplinas ofertadas  a outros departamentos, além de novas disciplinas que estão sendo criadas. A equipe de Letras atualmente atende às licenciaturas Letras Português/Inglês (presencial), Letras Português e Letras Inglês (modalidade a distância - EaD), além da ministração de disciplinas nos cursos de Direito, Administração Pública (EaD), Filosofia e outros.  Entre os argumentos que subsidiaram a proposta da criação do DEL está o fato de que, na classificação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a área de Linguística, Letras e Artes é distinta da área de Ciências Humanas, o que gera dificuldades com registros e outros processos pelos quais passa o departamento. Outro fator é a demanda da UFLA para atuação do corpo docente de Letras em diferentes projetos e órgãos da instituição, como os processos seletivos e concursos públicos, Programa Idiomas sem Fronteiras, aplicações do teste Toefl, entre outras ações. “A criação do Departamento permite a melhor organização dos trabalhos para que o grupo de trabalho possa atender de forma mais adequada à demanda de toda a comunidade acadêmica, estando também corretamente identificado na área de Linguística, Letras e Artes”, explica Márcia. Além de garantir o incremento dos serviços prestados atualmente, o novo departamento torna propício o desenvolvimento de novos projetos como, por exemplo, a ampliação da oferta de línguas adicionais e a possível criação de um centro de línguas voltado a toda a comunidade universitária; o fortalecimento das ações de internacionalização; a inclusão de projetos que contemplem as linguagens artístico-culturais e a oferta de um curso de pós-graduação, que já está em trâmite interno na Universidade para aprovação e criação.

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.