Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Confira os lançamentos das editoras universitárias

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Domingo, 16 Dezembro 2007 22:00 | Última Atualização: Domingo, 16 Dezembro 2007 22:00

“A vida e os feitos do Divino Augusto”, Suetônio e Augusto – Matheus Trevisam, Paulo Sérgio Vasconcellos e Antônio Martinez de Rezende (tradutores) – A reunião de textos de Suetônio e de Augusto em um só livro dá uma dimensão mais ampla à escrita do texto biográfico antigo: o leitor terá a experiência única de confrontar duas obras que conduzem, por caminhos e matizes diferentes, à mesma vida. A tradução que ora se publica permite ao não-leitor do original latino seguro acesso às informações e constitui estímulo à superação do tempo que se nomeia Antigüidade. A mesma tradução permite ao leitor do original latino, ampliar suas possibilidades de interpretação e de vivência da Antigüidade. Ao final da leitura, o leitor se sentirá tão cidadão romano quanto concidadão de Augusto: tam romanus ciuis sum, ut Augustus ciuis meus. (UFMG)

“Cruéis paisagens: literatura brasileira e cultura contemporânea”, Ângela Maria Dias – Na obra, a escritora utiliza o chamado “princípio de crueldade” – expressão do filósofo Clément Rosset que designa o “inescapável ou insuportável do real” – para classificar a temática da selvageria contida na literatura brasileira contemporânea em três modalidades: a propriamente cruel, que é sádica e violenta; a crueldade do exotismo, voltada para a estetização da diferença; e a da melancolia, que se apresenta indiferente e narcísica. Além de analisar a constante da crueldade no cotidiano urbano brasileiro, manifestada em textos por meio da ficcionalização da violência, da pornografia e da desigualdade social, a autora examina alguns artigos sobre grandes nomes da poesia brasileira. (UFF)

“Inserçăo internacional: formaçăo dos conceitos brasileiros”, Amado Luiz Cervo – as relaçőes entre o Brasil e a ordem mundial na perspectiva de conceitos elaborados por pensadores do país. Esse é o enfoque do livro, que recebeu o troféu Cultura Econômica 2007, concedido pelo Jornal do Comércio de Porto Alegre. (UnB)

“Universidade: A Democracia Ameaçada”, Waldir José Rampinelli, Valdir Alvim e Gilmar Rodrigues (Orgs.) – tem como objetivo principal analisar e apontar novos rumos para o avanço de um processo democrático na universidade brasileira. Para tanto são abordados vários assuntos, entre os quais o papel dos intelectuais na sociedade, passando pela democracia e pelas eleições internas, focando o dirigismo dos órgãos fomentadores de pesquisa, analisando o carreirismo que leva “à raridade do pensamento crítico e abrangente”, discorrendo sobre o movimento estudantil e dos técnicos-administrativos, denunciando o expansionismo dos cursos pagos lato senso, discutindo a idéia de universidade e a recente reforma universitária. Temas, por demais importantes que requerem uma discussão constante. (UFSC)

“Introdução ao Direito Ambiental”, Erinaldo Moreira Barbosa – o livro traz informações jurídico-ambientais apresentadas em linguagem interdisciplinar conceitos, definições, princípios e teorias, além de discorrer sobre as principais legislações ambientais brasileiras. (UFCG)

“Coletânea de Documentos Raros do Período Colonial (1727-1746)”, Eliane Maria Oliveira Morgado, Nileide Souza Dourado, Vera Lúcia Duarte e Otávio Canavarros (Orgs.) – é o resultado de uma pesquisa, que também tem caráter inédito. Metodologicamente foi organizada a partir da pesquisa bibliográfica, documental, principalmente da arquivística por ocasião da transcrição e leitura paleográfica; orientou também, todo o processamento técnico do arranjo, a definição tipológica e por último, as normas que fixam diretrizes e convenções para a transcrição e edição de documentos manuscritos, possibilitando uma apresentação racional e uniforme, explica Nileide Dourado, coordenadora do NDIHR. (UFMT)

“Um concerto em tom de conversa”, Agustina Bessa-Luís; Manoel de Oliveira Aniello Angelo Avella (Organização e Introdução) – nesse rico diálogo, compartilham memórias, discutem idéias, notícias e falam de sentimentos. Na relação dinâmica entre os dois, nem sempre de todo concorde, o que se destaca é o valor altíssimo conferido por ambos à palavra e à imagem. A “magia” da palavra e a força da imagem seduzem tanto a romancista quanto o cineasta; com meios artísticos diferentes, os dois realizam uma tentativa de escavação dos sentimentos humanos em busca da “origem primordial”, da “verdade”, apesar de terem consciência de que ela é ontologicamente ilusória. (UFMG)

“Percursos do olhar: comunicação, narrativa e memória”, Mariava Carlos Barbosa – é um verdadeiro “guia” que ajuda a decifrar paradigmas teóricos e conceituais fundamentais para os estudos de comunicação. (UFF)

“O coração sitiado”, Luiz José da Silva – temas como o amor, a sensualidade, paixão, a saudade e a religiosidade predominam nos poemas do autor, que nasceu na Fazenda do Sacramento, bairro de agricultores próximo à sede do município de Águas Mornas, em 1962. (UFSC)

(Lilian Saldanha - Assessoria de Comunicação da Andifes)

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.