Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Encontro na UFLA promove troca de conhecimentos sobre Agroecologia com produtores rurais

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quinta, 27 Julho 2017 08:52 | Última Atualização: Terça, 25 Julho 2017 08:43
[caption id="attachment_135729" align="alignright" width="249"] Mesa redonda bateu assuntos ligados à Agroecologia[/caption] Troca de experiências e de conhecimento a favor da produção mais sustentável no campo deu o tom ao Primeiro Encontro de Agroecologia da Universidade Federal de Lavras (UFLA). O evento reuniu agricultores familiares de Lavras e região, professores, pesquisadores, estudantes e autoridades. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG) e núcleos de estudos ligados à Agroecologia estiveram à frente da organização da ação. O encontro teve uma extensa programação, que envolveu apresentação de trabalhos, realização de oficinas e mesa redonda. O professor Thiago Rodrigo de Paula Assis, do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável e Extensã (PPGDE), que participou do encontro, considera que a Agroecologia, enquanto objeto de estudo, se sustenta por meio de três vertentes: ciência, prática e movimento. [caption id="attachment_135730" align="alignleft" width="249"] Agricultores prestigiaram o evento[/caption] O professor frisou a expansão do número de cursos de graduação e de pós-graduação que contemplam especificamente a matéria, além de trabalhos de associações de agricultores do Sul de Minas que se baseiam em técnicas ecologicamente sustentáveis. “A transição agroecológica parece ser difícil. Pode parecer complicado a gente deixar de produzir da forma como estamos acostumados, usando os insumos. Mas podemos aprender uns com os outros e, por isso, acredito muito no potencial da agroecologia”. A necessidade de repensar o uso indiscriminado de agrotóxico na lavoura e a consequente contaminação de trabalhadores acende o alerta no campo e preocupa as autoridades. Nesse aspecto, a agroecologia entrou na pauta de temas que a Emater tem levado aos agricultores, segundo Edmundo Modesto de Melo, coordenador técnico regional da instituição em Lavras. Melo frisou a relevância do evento na UFLA por oferecer aos produtores rurais conhecimentos sobre o tema. [caption id="attachment_135731" align="alignright" width="249"] Produtos cultivados com manejos ecologicamente sustentáveis[/caption] O casal de agricultores de Itutinga, cidade próxima a Lavras, Gilmar e Alessandra Medeiros participou do evento. Há cerca de 10 anos, eles cultivam cogumelo e já utilizam o manejo agroecológico na lavoura. Apesar de usarem técnicas sustentáveis no campo, os agricultores contaram que buscam ampliar conhecimento sobre o assunto, principalmente a respeito de técnicas de combate a pragas. O pró-reitor de Extensão e Cultura, João José Granate de Sá e Melo Marques, destacou o empenho da organização do encontro e o interesse dos agricultores familiares pelo assunto. “Os diversos núcleos de estudo da UFLA que promovem a agroecologia e a EMATER-MG uniram forças e organizaram um ótimo evento. Além das palestras, foram oferecidas 10 oficinas com diferentes temáticas relacionadas à agroecologia, onde os interessados puderam participar ativamente. Tivemos cerca de 170 participantes, sendo aproximadamente 120 agricultores, agriculturas e técnicos da EMATER. Acredito que o evento foi muito bem-sucedido e esperamos dar continuidade”, opinou. Texto: Rafael Passos – Jornalista/bolsista – Fapemig

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.