Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Ação de alunos de Engenharia Florestal mobiliza moradores de bairro de Lavras pela preservação do meio-ambiente

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Sexta, 25 Agosto 2017 12:38 | Última Atualização: Quarta, 23 Agosto 2017 09:03
[caption id="attachment_137539" align="alignright" width="249"] Estudantes e crianças reunidas no bairro Cohab[/caption] Integrantes da empresa Floresta Júnior, do curso de Engenharia Florestal da Universidade Federal de Lavras (UFLA) realizaram o "Dia Social" com moradores do bairro Cohab. O trabalho faz parte do projeto "Renascente: purificando", que foi a extensão de uma iniciativa junto à comunidade. Na ocasião, os alunos promoveram a recuperação de uma nascente e fizeram a manutenção de uma área nas proximidades de uma horta comunitária, além do plantio de mudas de árvores.  Dessa vez, a ação teve como foco mostrar aos moradores do bairro, especialmente as crianças, as mudanças implementadas no local e conscientizá-los a respeito da importância da revitalização da área, segundo a aluna do sexto período de Engenharia Florestal Lorena Ramalho. Conforme ainda a estudante, um puff produzido a partir de pneus que foram descartados irregularmente no bairro foi exposto de forma a conscientizar a comunidade sobre a relevância do descarte de materiais usados. Além disso, as crianças participaram de brincadeiras cujo tema foi o meio-ambiente. Lorena Ramalho justificou a escolha do público alvo da ação “Renascente: purificando” em razão dos trabalhos anteriormente desenvolvidos no bairro. “São esses os indivíduos que devem manter a área limpa, não jogar lixos, fazer queimadas ou qualquer outra atividade que atrapalhe o progresso de recuperação da área. Por isso, achamos importante mostra nosso projeto e a sua importância”, explicou. Por fim, a estudante ressaltou que o trabalho tem incentivado os moradores do Cohab a adotar medidas simples de preservação do meio-ambiente. “ A extensão e o contato com a população não universitária agregaram muito para o nosso conhecimento, houve bastante troca de ideia e foi realmente um dia muito importante”, acrescentou. Texto: Rafael Passos - Jornalista/bolsista - Fapemig