Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Ranking Folha 2017: UFLA teve destaque no indicador de Pesquisa

Escrito por Camila Caetano | Publicado: Quarta, 20 Setembro 2017 10:21 | Última Atualização: Quarta, 20 Setembro 2017 10:19
A Universidade Federal de Lavras (UFLA) destacou-se no indicador Pesquisa do Ranking Universitário Folha (RUF) divulgado segunda-feira (18/9). O critério “recursos captados” foi o que teve maior impacto na Instituição (passando da 27ª posição para a 5ª, ao comparar 2016 com 2017). Esse critério permitiu que a UFLA subisse quatro posições entre as instituições do País ao considerar o ranking qualidade da pesquisa, indo da 26ª posição para 22ª. Nesta edição, a quantidade de teses produzidas por docente também foi incluída no indicador de Pesquisa. Nesse item, a UFLA alcançou a 5ª colocação. A Instituição também obteve a 5ª colocação em publicações por docente e bolsistas CNPq. Além do ranking qualidade da pesquisa, a UFLA obteve melhorias no indicador de Mercado de trabalho, passando da 104ª posição para 99ª. Também é válido ressaltar que no ranking de cursos, a UFLA aparece entre as TOP 10 do País em Agronomia (4ª posição) e Medicina Veterinária (5º lugar). Já no ranking geral das Universidades a UFLA manteve a 31ª posição. O reitor da UFLA, professor José Roberto Soares Scolforo, salienta que com as novas contratações a Instituição poderá se destacar ainda mais nos próximos rankings. “Temos confiança que quando os jovens professores que foram contratados nos últimos quatro anos estiverem inseridos de fato na pós-graduação a UFLA estará pronta para dar um salto expressivo nos rankings nacionais e internacionais. Estamos renovando com novas vagas, plantando o futuro e já nos destacando como instituição em vários quesitos”. Como é feito o RUF O RUF é uma avaliação anual das instituições e dos cursos de ensino superior do Brasil, com base em dados nacionais e internacionais e em duas pesquisas de opinião do Datafolha. Tendo como base de dados, o RUF utilizou o Censo da Educação Superior Inep-MEC (2015), Enade (2013, 2014 e 2015), Scielo (2013, 2014), Web of Science (2013, 2014 e 2015), Inpi (2006-2015), Capes, CNPq e fundações estaduais de fomento à ciência (2015) e Datafolha. Todas as 195 universidades do País foram avaliadas em cinco aspectos: Pesquisa, Ensino, Mercado de trabalho, Internacionalização e Inovação. Posição da UFLA entre as instituições públicas de Minas Gerais: 2017 Ranking por qualidade de pesquisa: 3ª posição Ranking por qualidade de ensino: 3ª posição Ranking por indicador de inovação: 4ª posição Ranking por avaliação do mercado: 5ª posição Ranking por internacionalização: 9ª posição

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.