Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Teve início o Encontro Regional de Matemática Aplicada e Computacional na UFLA

Escrito por Camila Caetano | Publicado: Quarta, 04 Abril 2018 12:37 | Última Atualização: Quinta, 23 Agosto 2018 15:49
Solenidade de abertura ocorreu na manhã desta quarta-feira (4/4)

Pela primeira vez a Universidade Federal de Lavras (UFLA) sedia o Encontro Regional de Matemática Aplicada e Computacional (Ermac) da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC). O evento será realizado até sexta-feira (6/4) e tem como objetivo congregar pesquisadores, estudantes e demais interessados em aplicações de conteúdos matemáticos nas mais diversas áreas de conhecimento.

A solenidade de abertura foi realizada na manhã desta quarta-feira (4/4) no Salão de Convenções da UFLA. Representando a Comissão Organizadora do evento, a professora Evelise Roman Corbalan Góis, do Departamento de Ciências Exatas (DEX), disse sobre a satisfação em proporcionar esse encontro na UFLA, com a participação de 25 instituições diferentes logo na primeira edição. “Hoje me lembrei do meu tempo de graduação, quando vislumbrava um mundo de aplicações da matemática. E é um sonho antigo poder oferecer isso aos nossos estudantes”, destacou.

O chefe do DEX, professor Ulisses Azevedo Leitão, ressaltou a evolução que a área de matemática tem alcançado, e reforçou a importância de fortalecer a matemática aplicada na UFLA. O chefe do Departamento de Ciência da Computação, professor Renato Ramos da Silva, compartilhou do mesmo pensamento e destacou o momento ímpar da UFLA sediar esse evento.

Também esteve presente a professora Sandra Mara Cardoso Malta, representante da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional. “É muito gratificante ver esse encontro acontecendo pela primeira vez em uma instituição, isso é um importante passo para o fortalecimento regional”, disse Sandra.

Palestra de abertura

Representando a UFLA, compareceram a pró-reitora de Assuntos Estudantis e Comunitários, professora Ana Paula Piovesan Melchiori e o pró-reitor de Graduação, professor Ronei Ximenes Martins. Ana Paula, que pertence ao DCC, enfatizou a relevância da matemática para a área da computação e de todas as inovações do mundo de hoje. “A sociedade usufrui da tecnologia sem saber de toda a matemática presente”.

O pró-reitor de Graduação aproveitou a ocasião para agradecer a colaboração de todos na Universidade para que um evento seja realizado, sendo de extrema relevância para a divulgação da ciência. “Toda ação de máxima popularização da ciência é importante. Poder levar esse conhecimento à sociedade é um dos nossos deveres. E quando fazemos o que gostamos não há sofrimento”, afirmou.

Após a solenidade de abertura teve início a palestra do professor Marcelo Ângelo Cirillo, do Departamento de Estatística da UFLA. Ele apresentou a otimização em experimentos de mistura com restrição na variância de predição. As demais palestras serão realizadas na tarde desta quarta-feira até sexta. Além disso, serão apresentados trabalhos em sessões de pôsteres e haverá a realização de minicursos.

Projeto Lavrastec é apresentado a participantes

O coordenador da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (Inbatec) e do Parque Tecnológico e Científico (Lavrastec) da UFLA, professor Luiz Gonzaga, apresentou o empreendimento em andamento, que vai abrigar empresas e startups voltadas para tecnologia e inovação.  “O Parque Tecnológico e Científico vai ampliar a interação entre empresas investidoras e a comunidade científica da UFLA, permitindo o avanço de pesquisas direcionadas à inovação. Além de englobar empresas já consolidadas, será um espaço para incubação de empresas, incentivando estudantes a desenvolverem ideias que podem se transformar em novos negócios”, explicou. 

O Lavrastec é o maior investimento da história da UFLA, com 68 mil m² – dos quais 12 mil são de área construída. A estrutura conta com um prédio empresarial, com 42 salas de 50m², além de três prédios administrativos, abrigando 72 salas de 25m². O parque prevê também auditório para eventos e centro de convivência aberto à comunidade.   

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.