Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Projeto apoiado pelo CNPq vai beneficiar agricultores familiares de Minas Gerais

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Segunda, 24 Março 2008 21:00 | Última Atualização: Segunda, 24 Março 2008 21:00

Os agricultores familiares das comunidades rurais de Carrancas (MG) já podem comemorar. Eles serão os principais beneficiados do Projeto Estudo e implantação participativa de tecnologias permaculturais e agroecológicas na agricultura familiar através da extensão universitária em Carrancas (MG), lançado nesta terça-feira (25/03) na cidade de Carrancas.

O lançamento contou com a presença do diretor de Programas Temáticos e Setoriais do CNPq, José Oswaldo Siqueira, do reitor da Ufla, Antônio Nazareno Guimarães Mendes, do pró-reitor de Extensão, Rubens José Guimarães, do prefeito municipal Magno Ferreira e do gerente da Unidade Regional de Lavras da Emater, Marco Antônio Canestri.

Coordenado pelo professor Gilmar Tavares, da Universidade Federal de Lavras (Ufla), o projeto foi uma das 83 pesquisas aprovadas pelo edital do CNPq que selecionou propostas de extensão tecnológica inovadoras para agricultura familiar. O apoio aos projetos é resultado de uma parceria entre o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), por meio do CNPq, a Secretaria da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e a Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), que resultou em um investimento total de R$ 13,2 milhões no setor.

Voltado para promover e apoiar a implementação de um modelo de comunidade rural que possa ser reaplicado nas comunidades de Carrancas, o projeto terá duração de 24 meses. O modelo proposto será baseado nos princípios e éticas da permeacultura, da agroecologia e da extensão, como tecnologias e instrumentos inovadores de transformação, e pretende assegurar a qualidade de vida das famílias, estimulando e potencializando a produção de alimentos sadios e ampliando e qualificando a oferta de serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) local.

O projeto, que contará com a participação da Emater/MG, tem o objetivo de efetivar a consolidação do Instituto e Núcleo de Permeacultura e Agroecologia de Carrancas, tornando-o um elo de interação universitária e entidades de ATER, públicas e privadas, fomentando a pesquisa e extensão em ambas as áreas.

Entre as metas a serem alcançadas, os pesquisadores propõem qualificar grupos de agricultores familiares como modelo e agentes multiplicadores de potenciais agricultores sustentáveis e produzir uma metodologia específica que possa nortear os agricultores, indicadores de ATER e a extensão universitária. Ao final do projeto, será preparado um seminário, apresentado por todos os envolvidos com os resultados alcançados para toda a comunidade local e os representantes dos três setores econômicos que atuam no município e região.

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.