Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Expocafé 2008: Uma nova etapa para a maior feira nacional de cafeicultura

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Sábado, 07 Junho 2008 21:00 | Última Atualização: Sábado, 07 Junho 2008 21:00

A exemplo dos anos anteriores, a EXPOCAFÉ 2008 adotou um tema para direcionar debates, apresentar novidades e segmentos, mostrar soluções e técnicas e dinamizar negócios e os trabalhos do agronegócio café. Para esta edição, a feira vem debatendo “Café com Responsabilidade Ambiental”.

Durante os próximos dias 18, 19 e 20 as atenções dos mercados cafeeiros nacional e internacional se voltam para a EXPOCAFÉ que, após uma década reunindo produtos, idéias e negócios do café, apresenta sua nova versão como a maior feira nacional da cafeicultura, registrada no Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras, uma síntese das principais feiras e exposições do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior de 2008.

Essa nova versão não abandona o rigor de sua organização, mantém sua entrada franca e continua atraindo um público recorde a cada ano. Devido à grande demanda das atividades de campo, como demonstrativo de defensivos e fertilizantes, áreas de culturas, dinâmicas de máquinas, houve uma ampliação do seu espaço na Fazenda Experimental da EPAMIG,na cidade de Três Pontas/MG, com a duplicação do número de estandes, plots e quiosques, superando os 200 expositores da edição anterior.

O que antes era uma simbólica exposição de animais grandes, passa a ser uma mini-exposição de gados, os mais diversos e premiados vindos de várias partes da região.

A Expocafé reforça a tendência criada nas últimas edições e terá renomados profissionais, professores e autoridades do agronegócio café para palestras e debates sobre as questões do negócio e políticas governamentais do café, insumos, produtos e negócios.

Atividades
Devido ao surpreendente resultado apresentado pelo SEBRAE/MG na feira de 2007, a Rodada de Negócios receberá o dobro da área anterior, com expectativas de negócios na casa de R$ 100 milhões. As negociações entre vendedores e compradores são rápidas e objetivas. São esperados representantes da Central de Compras da Cooperativa central dos Cafeicultores e Agropecuaristas de Minas Gerais (Coccamig), que representa 19 cooperativas, com cerca de 20 mil produtores de café e fornecedores de insumos.

Conforme os organizadores, a perspectiva de negócios entre os expositores também supera a casa dos R$ 100 milhões, contra os R$ 49 milhões de 2007. Isso se deve à diversificação dos negócios que se apresentam este ano, com a presença de outros produtos como veículos adequados para as propriedades e produtores de café, roupas, utensílios e ferramentas, fungicidas e produtos para adubação. São encontrados trituradoras, arruador de café, tratores, peças e implementos, sacarias e técnicas de produção, abanadores de café, lavadores mecânicos, despolpadores e muito mais.

Receitas e delícias do café
O visitante da EXPOCAFÉ 2008 estará concorrendo a vários brindes que serão oferecidos pelos expositores e sorteados durante os três dias de feira. Além disso, poderá aprender e degustar as deliciosas receitas produzidas pela Cozinha Experimental do SENAC do Centro de Formação Profissional de Varginha que este ano também recebe uma área maior, devido ao sucesso de anos anteriores e à grande procura pelas aulas e receitas.

Essa nova face da EXPOCAFÉ conta com a TELEFONIA da OI que se torna parceira permanente do evento, sanando uma carência desses serviços durante os dias de feira. Com isso, haverá uma ampliação e melhoria nos serviços de comunicação, transmissão e internet ao alcance de todos.

A área de alimentação que propicia a oportunidade de descontração, apresenta melhorias e ampliação, farto cardápio, mantendo seu bom atendimento ao alcance dos visitantes.

A EXPOCAFÉ 2008 recebeu nesta versão o patrocínio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Banco do Brasil; Conselho Regional dos Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Minas Gerais (CREA-MG); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico(CNPq), COCATREL e UNICOOP, Sistemas Multisais e Multitécnica.

São apoiadores e grandes responsáveis também por essa mudança no perfil comercial e ampliação da feira: Prefeitura do Município de Três Pontas/MG, Associação Comercial e Agroindustrial de Três Pontas, SEBRAE, EMBRAPA/CAFÉ, IMA, EMATER, EPAMIG, OCEMG, FIEMG, FAEMG, CDPD, PÓLO DE EXCELÊNCIA DO CAFÉ/MG, CEC e Centro Nacional do Café (CNC).

O presidente da EXPOCAFÉ, prof. Nilson Salvador demonstra com gráficos e números a necessidade e o empenho de todos na ampliação da feira. “Após dez anos de criação, a EXPOCAFÉ tornou-se referência em negócios, debates e encontros do setor cafeeiro no Brasil. O grande interesse do produtor e empresário do café impulsionou o crescimento da área, produtos e propostas da feira”, afirma.

No ano de 2007 foram contabilizados cerca de R$112 milhões em negócios e um público de 30 mil pessoas. A feira, com entrada franca, não tem fins lucrativos.

Para mais informações, faça contato pelo telefone: (35) 3829.1674, com a secretaria da EXPOCAFÉ, ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Visite o site www.expocafe.com.br.

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.