Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Balanço supera expectativas dos organizadores

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Sexta, 19 Junho 2009 12:16 | Última Atualização: Sexta, 19 Junho 2009 12:16

Antes mesmo de encerrar as atividades da 12ª edição da Expocafé, os organizadores comemoram os resultados alcançados pela feira. Foram mais de 40 mil visitas registradas em mais de 250 estandes montados em uma grande áreada Fazenda Experimental da Epamig, em Três Pontas, entre os dias 17 e 19 de junho. Ainda não foi divulgado o volume dos negócios realizados, mas estima-se um valor da ordem de R$ 250 milhões. Isso sem falar no aquecimento da economia local, que registrou um acentuado aumento no comércio e na rede hoteleira.

“São números que fazem do evento um sucesso absoluto em público, negócios e transferência de tecnologia e mecanização para facilitar a vida do produtor de café”, afirma o presidente da Expocafé, prof. Nilson Salvador. Segundo ele, nem mesmo a crise econômica que o mundo vive atualmente desestimulou produtores e empresas do setor de cafeicultura. “Mais uma vez contamos com o decisivo apoio dos nossos parceiros e conquistamos novas empresas que apostaram na credibilidade do evento e decidiram expor suas marcas e produtos”.

Em 2008, o volume de negócios girou em torno de R$ 212 milhões. A expectativa deste ano é de que este valor fique acima dos R$ 250 milhões, graças ao importante apoio do Sebrae/MG que duplicou seu espaço para receber os investidores. Foram contabilizadas 10 mil visitas a mais do que o registrado no ano passado, quando a feira recebeu 30 mil participantes.

Salvador explica que antes mesmo do início das atividades da feira, os números já indicavam sucesso garantido. “A grande quantidade de empresas e pessoas interessadas em participar da Expocafé foi tão grande que foi necessária a ampliação da área física da Feira em 20% se comparamos com a estrutura montada no ano passado. 192 empresas demonstraram para os produtores as mais modernas tecnologias em produtos e maquinários para facilitar a vida do cafeicultor, aumentar a produção, proporcionando ao mercado um café de mais qualidade”.

A Expocafé contou com dinâmica de máquinas destinadas à cafeicultura e semeadura, campo demonstrativo de defensivos e fertilizantes, exposição de equipamentos e maquinários em funcionamento, palestras, rodada de negócio aulas de culinária e dia de campo. Pesquisadores, representantes da indústria e cafeicultores de todo o país e do exterior marcaram presença na feira. “Tivemos a presença de um grupo de pesquisadores e empresários americanos que vieram conferir toda a estrutura da feira e as novidades do setor. Registramos, também, a visita de diversos produtores da Colômbia”, comenta Salvador.

O substancial crescimento da Expocafé tem demonstrado sua importância no cenário da cafeicultura e até de outros segmentos da agropecuária. A feira oferece, também, diversas oportunidades para o homem do campo aprimorar sua produção, seja ela de café ou de outras culturas. “Oferecemos aqui a mais moderna tecnologia em maquinários agrícolas para contribuir com o crescimento do agronegócio. A Expocafé é, sem dúvida, uma excelente oportunidade de busca de tecnologia, conhecimento e integração de classes”, finaliza o prof. Nilson Salvador.

Leia também:

Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.