Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Professor da Ufla vence Prêmio Santander e amplia pesquisa

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Sexta, 03 Julho 2009 11:03 | Última Atualização: Sexta, 03 Julho 2009 11:03

Vencedor do Prêmio Santander de Ciência e Inovação na categoria Indústria, em 2008, o professor e pesquisador da Universidade Federal de Lavras (UFLA), Luiz Carlos Oliveira, amplia pesquisas para o desenvolvimento de um novo processo de reutilização de rejeitos industriais resultantes da produção do couro com cromo (wet blue). Dessa forma, dá continuidade e aprofunda o projeto, assim como já planeja a aplicação de sua pesquisa em escala industrial.

Outros graduandos, pós-graduandos e pesquisadores-doutores podem ter a mesma oportunidade: até 23 de agosto estão abertas as inscrições para a 5ª edição dos Prêmios Santander de Empreendedorismo e de Ciência e Inovação. As inscrições podem ser feitas pelo site www.universia.com.br/premiosantander.

Segundo o pesquisador, o material residual dispensado após a fabricação do couro é altamente nocivo ao meio ambiente, mas sua reutilização pode resultar, inclusive, em ganhos ambientais. “Após o processo, podemos obter materiais como fertilizante nitrogenado orgânico, de liberação gradual, e carvão ativado para remoção de contaminantes em meio aquoso”, informa.

Oliveira afirma que a vitória no Prêmio gerou maior visibilidade de seu projeto e perspectivas sólidas de aplicação da sua pesquisa. “Temos recebido propostas de construção de uma planta em escala piloto, o que viabilizaria uma futura planta industrial envolvendo o processo”, relata. Além disso, com os recursos obtidos com a premiação, o pesquisador pode aumentar a escala dos testes que já vinha realizando. “O prêmio permite a compra de um reator, com o qual pretendemos ampliar o volume de resíduos tratados. Uma limitação que enfrentávamos, pois o uso como fertilizantes em testes de campo exige maiores quantidades de material tratado”, enfatiza.

Luiz Carlos Alves de Oliveira está disponível pelo telefone (35) 3829-1626 e pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Prêmio Santander de Empreendedorismo

O Prêmio Santander de Empreendedorismo é destinado a graduandos e pós-graduandos que desenvolverem o melhor plano de negócios, com prêmios de R$ 50 mil para o vencedor de cada uma das quatro categorias: Indústria, Cultura e Educação, Tecnologia da Informação e Comunicação, e Biotecnologia.

Todos os planos que concorrerem ao Prêmio Empreendedorismo serão avaliados pelos objetivos gerais e específicos, viabilidade financeira e de infra-estrutura, valor criado para organização brasileira, indicadores dos resultados esperados (quantitativos e qualitativos), caráter inovador, potencial para a geração de riqueza, e análise de impactos social e ambiental. A seleção e validação dos projetos estão sob a responsabilidade do professor e consultor Fernando Dolabela e do professor Afonso Cozzi, do Núcleo de Empreendedorismo da Fundação Dom Cabral.

Prêmio Santander de Ciência e Inovação

O Prêmio Santander de Ciência e Inovação contempla pesquisadores-doutores que produzirem as melhores pesquisas científicas de caráter inovador, nas categorias: Indústria, Tecnologia da Informação e Comunicação, Biotecnologia, e Saúde. O vencedor de cada categoria receberá R$ 50 mil.

Para a definição dos projetos finalistas do Prêmio Ciência e Inovação serão considerados os objetivos gerais e específicos, viabilidade financeira e de infra-estrutura, valor criado para a sociedade brasileira, indicadores dos resultados esperados (quantitativos e qualitativos), caráter inovador, potencial para a geração de riqueza, análise de impactos social e ambiental, e eventual parceria firmada com uma organização brasileira para a implementação do projeto.

A avaliação e o julgamento dos projetos serão realizados por uma comissão de pesquisadores vinculados a instituições científicas, sob a coordenação do professor e pesquisador Adolpho Melfi, vice-presidente regional da Academia Brasileira de Ciências (ABC).

Sobre o Universia

O Universia é uma rede de cooperação universitária que reúne 1.100 instituições de ensino superior na América Latina e Península Ibérica, e tem como parceiro financeiro-estratégico o Grupo Santander. A Rede Universia atua em quatro eixos estratégicos: fomento à empregabilidade (emprego), incentivo à formação (formação), desenvolvimento dos meios científico e acadêmico (observatório), e apoio às comunidades e eventos para o relacionamento universitário (redes sociais).

O objetivo da Rede Universia é contribuir com serviços de valor agregado às universidades, apoiando o desenvolvimento de projetos comuns e a geração de novas oportunidades para a comunidade universitária, contribuindo, dessa forma, para o desenvolvimento sustentável dos países onde o Universia está presente. 

O principal elemento integrador desta rede é o portal Universia, que desenvolve conteúdo e serviços gratuitos para o meio acadêmico, em línguas portuguesa e espanhola. O Portal está presente em 15 países: Espanha, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru, Porto Rico, Portugal, Venezuela, Uruguai, Andorra, Panamá, Paraguai e República Dominicana, congregando 76% do público universitário, com 11,8 milhões de alunos e professores.

Lançado no Brasil em março de 2002, o portal Universia (www.universia.com.br) conquistou em sete anos, a parceria com 257 universidades, alcançou a marca de 2,4 milhões de usuários cadastrados e uma média mensal de 1,2 milhão de usuários únicos (Fonte: Nielsen//NetRatings).

Os conteúdos e os serviços atendem aos pré-universitários, universitários, pós-universitários, docentes e gestores das instituições de ensino superior. Os serviços oferecidos são: estágios, cursos on-line, salas de aula virtuais, e informações sobre bolsas de estudo, intercâmbio, empreendedorismo, pesquisa científica, carreira, entre outros.

Sobre o Santander Universidades

O apoio à educação superior é o principal foco de sustentabilidade do Grupo Santander, que mantém convênios com mais de 700 universidades no mundo e cerca de 320 parceiras no Brasil. Desde a criação do Santander Universidades em 1996, o Banco investiu mais de R$ 1 bilhão em iniciativas de apoio à Educação no mundo. Até o final de 2009, serão concedidas mais de 16,5 mil bolsas de estudos nacionais e internacionais para aprimorar a formação de universitários e professores brasileiros em diferentes áreas do conhecimento. Além dos Prêmios Santander e das bolsas de estudos, outra iniciativa importante é o Espaço Digital Santander Universidades, que ampliam o acesso ao mundo digital em diferentes regiões do país.

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.