Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Concurso premiará redações e artigos relacionados ao gênero

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Terça, 29 Setembro 2009 15:46 | Última Atualização: Terça, 29 Setembro 2009 15:46

Estão abertas, até dia 20 de novembro, as inscrições para o 5º Prêmio “Construindo a Igualdade de Gênero”, concurso nacional de redações e artigos científicos sobre relações de gênero, mulheres e feminismos. A premiação revela o pensamento de adolescentes, jovens e adultos sobre os grandes temas sociais do Brasil e os novos talentos do ensino médio e universidades.

A grande novidade desta edição é a diversificação das modalidades de participação universitária e a criação da categoria “Escola Promotora da Igualdade de Gênero”. O concurso é organizado pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres - SPM, Ministério da Ciência e Tecnologia - MCT, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq, Ministério da Educação - MEC e Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher - UNIFEM.

Escolas públicas e privadas poderão concorrer com projetos e ações pedagógicas inovadoras na área de gênero, raça, etnia, sexualidade, geração e classe social. A nova categoria “Escola Promotora da Igualdade de Gênero” valoriza o trabalho da comunidade escolar no debate sobre a realidade social brasileira e as boas práticas na promoção da igualdade de gênero. Para essa categoria, é aportado o valor total de R$ 50 mil. O concurso vai premiar uma escola por região.

Outra mudança é a criação de categorias específicas para os autores de artigos científicos. Agora, especialistas, estudantes de mestrado, mestres e estudantes de doutorado vão participar do concurso em condições iguais de concorrência. Os textos vencedores receberão premiações em dinheiro e bolsas de estudo (doutorado, mestrado e iniciação científica). As três categorias somam R$ 46 mil. O valor será dividido, conforme o regulamento, proporcionalmente entre os seis ganhadores.

Na categoria estudante de ensino médio, é aportado o maior investimento: bolsas de estudo, computadores e impressoras, que somam cerca de R$70mil. São duas as possibilidades de premiação: “Etapa Nacional” e “Etapa Unidade da Federação”, totalizando 27 vencedores – um por estado e Distrito Federal. Vinte e quatro ganhadores vão receber computadores com monitores LCD. Para as três melhores redações, escolhidas na “Etapa Nacional”, os vencedores serão premiados com bolsa de iniciação científica júnior, laptop e impressora multifuncional. 

Serviço 

Por meio do www.igualdadedegenero.cnpq.br, escolas, estudantes do ensino médio e universitários vão podem conferir todas as orientações para a participação no 5º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero, conhecer os vencedores dos anos anteriores e acompanhar todas as notícias,fotos, e vídeos relacionados ao concurso.

No Orkut, a comunidade Prêmio Igualdade de Gênero (http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=92336156) é outra dica pra quem quer saber mais do concurso.

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.