Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Segurança Alimentar no Brasil foi tratada em missão à Europa

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Segunda, 18 Janeiro 2010 16:20 | Última Atualização: Segunda, 18 Janeiro 2010 16:20



Divulgação

Uma Missão brasileira organizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) esteve presente em três países da comunidade européia: Bélgica, Holanda e França, para conhecer questões relativas à segurança alimentar. Esses locais são considerados modelos na área.

Entre os membros que compuseram a Missão estão os professores da Ufla, Eduardo Valério de Barros Vilas Boas (DCA), Luiz Carlos de Oliveira Lima (DCA), Antonio Carlos dos Santos (DAE), José da Cruz Machado (DFP), o prof. do IF – campus Muriaé e pesquisador do convênio Ufla-WUR, André Luís Machado, o prof. da UnB, Jean-Louis Le Guerroué (UnB), além da pesquisadora Dilma Scala Gelli (Lab. Adolfo Lutz) e dos fiscais agropecuários Dr. Kleber Villela Araújo e Dra. Ângela Pimenta Peres, ambos do MAPA.

Defesa Agropecuária

De acordo com o Chefe da Delegação, José da Cruz Machado, “a Missão foi instituída como parte dos objetivos de quatro projetos aprovados junto ao CNPq, com recursos do MAPA, dos quais três são coordenados por docentes da Ufla. O alvo central destes recursos é fomentar os setores de pesquisa e treinamento de pessoal no país na área de Defesa Agropecuária, de maneira a fortalecer a capacidade das universidades brasileiras e outras instituições no suporte ou sustentação técnico-científica ao MAPA em suas áreas de atuação. Nestes projetos, estão previstos estudos sobre Segurança Alimentar em toda a cadeia produtiva de carne, frutas, grãos/sementes e produtos lácteos, com ênfase na gestão e controle dos riscos que estes produtos oferecem a saúde humana e animal”.

Na avaliação dos membros da Missão em foco, as visitas e os contatos realizados podem ser considerados como dos mais importantes não só como referências para a elaboração de programas de pesquisas e treinamento de pessoal pelas universidades brasileiras, no âmbito de controle de qualidade e inspeção dos alimentos e bem estar animal, mas também no que diz respeito ao modelo de integração destas instituições naqueles países, o que é pouco praticado no Brasil. 

Também ficou ainda mais evidenciado que um grande esforço precisa ser empreendido pela comunidade técnico-científica brasileira, juntamente com as autoridades governamentais e a sociedade civil, no sentido de garantir ao cidadão brasileiro o direito de ter acesso a alimento, não só em quantidade suficiente para o seu bem estar, como também com a qualidade sanitária garantida, por meio de um sistema planejado e rigoroso de controle em toda cadeia de produção e da comercialização destes produtos. De maneira geral, o país ainda não conta ainda com uma política sólida de organização destes sistemas, o que faz com que a saúde da população e o crescimento da economia do país, com base no agronegócio, se tornem vulneráveis sob vários aspectos.

Por fim, um aspecto extremamente positivo deste tipo de missão, principalmente para os professores pesquisadores de universidades é a abertura que se cria para que programas de cooperação internacional em áreas estratégicas para o país sejam estabelecidos no futuro. 

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.