Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Duplicação do acesso principal ao câmpus segue a todo vapor

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Segunda, 19 Julho 2010 15:36 | Última Atualização: Segunda, 19 Julho 2010 15:36
Incluída nas ações do Plano Ambiental e Estruturante da UFLA, a duplicação do acesso principal ao Câmpus, que teve início no mês passado, irá beneficiar a todos da comunidade acadêmica e ainda contribuirá para o alívio do trânsito intensificado nas avenidas da cidade que dão acesso à UFLA.

 

“Esta obra foi dividida em duas etapas: na primeira, que pretendemos finalizar até o início do período letivo (início de agosto), duplicaremos o trecho que vai da rotatória do Centro de Integração Universitária (CIUNI) ao prédio da reitoria. Na segunda, vamos continuar a duplicação que inclui, inclusive, um novo pontilhão sobre a linha férrea e o aterramento próximo à pista de corrida do estádio de futebol”, comentou o Prefeito do Câmpus professor João Almir de Oliveira.

 

O prefeito informou ainda que a expectativa é que o restante da obra seja finalizada no decorrer deste ano ou em meados de 2011, de acordo com o clima. “Estamos trabalhando atentos às condições climáticas. Se der tempo de fazer antes do período de chuvas, terminaremos toda a duplicação ainda este ano”, disse.

 

A duplicação possuirá novo sistema de energia elétrica e iluminação, todo o planejamento de saneamento básico (redes de esgoto e águas pluviais), cabeamento óptico e telefônico, além da construção de calçadas e ciclovias, agregando ainda mais segurança aos ciclistas e pedestres.

 

Desvio

 

Nesse primeiro momento, o acesso ao câmpus principal se dará somente pela nova portaria da UFLA, situada na rodovia que liga Lavras à Ijací. Já para o acesso ao câmpus histórico, Departamento de Educação Física, Alojamentos, Setor de Hidráulica e Incubatec, os caminhos serão dois: um pela antiga portaria da ESAL e o outro pela entrada do Sind Clube, no bairro Nova Lavras.

O prof. João Almir alerta que a UFLA entende que essas melhorias acabam trazendo alguns transtornos, mas solicita compreensão: “pedimos que todos sejam compreensivos e pacientes, pois esses transtornos são momentâneos, porém, os benefícios serão permanentes”.

Mapa dos desvios: SindUFLA e Nova entrada, via estrada para Ijaci

Necessidade

 

Nos últimos anos, a Universidade tem experimentado um crescimento acelerado, devido ao aumento do número de cursos e de vagas na graduação e na pós-graduação. Além disso, em 2008, a UFLA aderiu ao Projeto do Governo Federal, o REUNI, que também agregou mais cursos e vagas. Com isso, cresce, a cada semestre, o número de estudantes, professores e técnicos administrativos que possuem veículos automotores, gerando, desta forma, um engarrafamento que tem afetado grande parte dos arredores da UFLA.

 

Com a duplicação da avenida e a construção de portarias secundárias esse problema será aliviado. “Temos mais duas portarias que irão contribuir para 'desafogar' o trânsito engarrafado em avenidas da cidade até a chegada no câmpus: uma na rodovia que liga Lavras à Ijaci (próximo inclusive do Clube de Campo dos Professores) e outra via entrada da Sede Campestre do Sind-UFLA (bairro Nova Lavras)”, informou o Pró-Reitor de Planejamento e Gestão, professor José Roberto Soares Scolforo.

 

Recursos

Todo o recurso para a duplicação foi negociado pela Direção Executiva da UFLA com o Governo Federal. “Com os recursos que negociamos, já licitamos toda a obra da duplicação, desde os maquinários, materiais e equipamentos até a mão de obra por meio de empresas terceirizadas”, afirmou Scolforo.

Um detalhe importante da obra é a construção de um novo pontilhão sobre a linha férrea. Esta será executada na segunda etapa da obra, pois precisa ser autorizada pelos órgãos competentes. “Já conseguimos aprovar a solicitação na Ferrovia Centro Atlântica (FCA), mas estamos aguardando a autorização pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília”, disse o pró-reitor.

 

“Lembramos que, embora estejamos executando algumas obras do Projeto REUNI, a maioria das outras está sendo executada à parte do REUNI, com recursos oriundos de negociações feitas entre a Direção Executiva da UFLA e o Governo Federal.”, considerou Scolforo.




Entenda a obra e o Plano

 A duplicação faz parte do Plano Ambiental e Estruturante da UFLA, concebido e coordenado pela Pró-reitoria de Planejamento e Gestão. Foi criado com base em vários problemas de infraestrutura que a universidade enfrenta, devido ao crescimento acelerado experimentado por ela. As ações que fazem parte desse plano são de extrema importância para o desenvolvimento das atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão e da própria convivência na universidade. São elas: melhorias no sistema de rede elétrica e de saneamento básico; instalação de estação de tratamento de esgoto; abastecimento de água; gerenciamento de resíduos sólidos e de laboratórios; novas vias de acesso ao câmpus; novos estacionamentos; novos espaços de convivência; preservação de nascentes e matas ciliares; construções ecologicamente corretas; acessibilidade, entre outras.

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.