Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

UFLA debate o consórcio das sete universidades mineiras

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quinta, 11 Novembro 2010 08:25 | Última Atualização: Quinta, 11 Novembro 2010 08:25

Realizado ontem, dia 10/11, no Salão de Convenções, o seminário sobre o “Consórcio das Universidades do Sul/Sudeste de Minas Gerais” foi marcado por muitas perguntas, algumas delas feitas por professores e técnicos administrativos. No entanto, grande parte das questões vieram mesmo dos estudantes da UFLA e até de outras universidades, o que acabou transformando o seminário num grande debate.

As respostas a todas as dúvidas foram sanadas, em parte pelo próprio prof. Nazareno, que deu início ao seminário fazendo uma apresentação sobre o consórcio. Um breve histórico, desde a concepção do projeto, passando pela sequência de eventos já realizados e detalhes do projeto de lei proposto pelo MEC e do plano de desenvolvimento institucional integrado em discussão pelos conselhos superiores das sete universidades, pautaram a apresentação. Objetivos e metas nas áreas temáticas de graduação, pós-graduação, pesquisa e inovação, extensão e cultura, assuntos estudantis, planejamento e gestão, relações internacionais, educação a distância e tecnologia da informação foram pontualmente discutidas. Já outras questões foram respondidas pelos membros de sua equipe: o vice-reitor prof. Elias Tadeu Fialho, a pró-reitora de Pesquisa, profa. Édila Vilela de Resende Von Pinho, o pró-reitor de Extensão, prof. Magno Antônio Patto Ramalho, o pró-reitor de Graduação, prof. João Chrysostomo de Resende Júnior, o pró-reitor de Planejamento e Gestão, prof. José Roberto Soares Scolforo e o pró-reitor de Assuntos Estudantis e Comunitários, Élberis Pereira Botrel.

Realizado pela Reitoria da UFLA, o seminário também contou com o apoio da Adufla, do Sind-UFLA, da APG e do DCE, sendo que seus representantes participaram do debate e registraram seus questionamentos. Membros da UNE, da UEE e do DCE da UFJF também fizeram suas colocações e tiveram suas dúvidas respondidas.

Saiba mais 

Grande parte das informações expostas abaixo foram apresentadas pelo prof. Nazareno e debatidas, ontem, durante o seminário. 

A proposta da criação do consórcio começou a ser discutida em julho, quando reitores das seguintes universidades: UNIFAL-MG, UNIFEI, UFJF, UFLA, UFSJ, UFOP e UFV, debateram o assunto com o ministro da Educação, Fernando Haddad, em Brasília.

A partir daí, a discussão passou a ocorrer nas próprias universidades. Em Lavras, definiu-se as coordenações temáticas e quem seria o reitor responsável por cada uma delas - Graduação: UNIFAL-MG (prof. Paulo Márcio de Faria e Silva), Pesquisa e Inovação: UNIFEI (prof. Renato de Aquino Faria Nunes), Pós-Graduação: UFJF (prof. Henrique Duque de Miranda Chaves Filho), Planejamento e Gestão: UFLA (prof. Antônio Nazareno Guimarães Mendes), Assuntos Estudantis: UFOP (prof. João Luiz Martins), Extensão e Cultura: UFSJ (prof. Helvécio Luiz Reis) e Coordenação Geral: UFV (prof. Luiz Cláudio Costa). 

Com isso, os pró-reitores dessas universidades passaram a colaborar na construção do PDIC- Plano de Desenvolvimento Institucional do Consórcio, que contém os objetivos e as diretrizes das universidades consorciadas para o quinquênio 2011-2015. Além disso, desenvolveu-se uma Minuta do Projeto de Lei relacionada ao consórcio. Já no dia 25 de outubro, os reitores e vice-reitores estiveram em Belo Horizonte, onde apresentaram formalmente as propostas em discussão pelos conselhos superiores das universidades ao ministro Fernando Haddad.  

Há cerca de um mês o assunto está sendo discutido pelos conselhos universitários e levado às comunidades acadêmicas. Na UFLA, todas as informações sobre o consórcio foram disponibilizadas no portal da universidade (www.ufla.br/consorcio) desde outubro, quando foram também encaminhadas aos conselhos superiores (CEPE e CUNI), às entidades representativas dos segmentos da comunidade (Adufla, SindUfla, APG e DCE) e à comissão que coordena a construção do PDI da UFLA para o qüinqüênio 2011-2015. Uma comissão foi constituída pelo Conselho Universitário para discutir e apresentar sugestões ao projeto, o que deve ocorrer até o dia 6 de dezembro. O Conselho Universitário deverá deliberar sobre o assunto em reunião agendada para o dia 8 de dezembro.

Minuta do Projeto de Lei

Entre os artigos que constam na Minuta de Projeto de Lei, destaca-se que “as universidades mantidas pelo poder público poderão, sem prejuízo da autonomia e das prerrogativas de cada uma, formar consórcio universitário para realização de objetivos comuns”.

Algumas metas estabelecidas no projeto do PDIC:

Planejamento e gestão

  • Criar estruturas regimentais, organizacionais e físicas do Consórcio. 
  • Criar mecanismos de desenvolvimento e compartilhamento de práticas bem sucedidas de planejamento e gestão.
  • Criar agência de comunicação do Consórcio comprometida com a divulgação do ensino, da pesquisa, da extensão e da cultura.
  • Criar procedimentos compartilhados de recrutamento e seleção de pessoal e de mobilidade de servidores no âmbito das Universidades consorciadas.

Graduação

  • Implantar Programa de Mobilidade Consorciada de Discentes, com a implementação de 2.000 bolsas, oferecimento de pelo menos duas vagas por disciplina, totalizando 10.000 vagas por semestre letivo. 
  • Criar banco de vagas ociosas para a transferência preferencial de estudantes das
  • consorciadas.
  • Criar Programa de Mobilidade Docente, para ministrar disciplinas em períodos regulares ou de verão e outras formas de intercâmbio acadêmico, com destinação de bolsas.
  • Uniformizar os processos de seleção entre as consorciadas.

Pós-Graduação e Pesquisa

  • Criar Centro de Estudos Avançados visando à integração, ao fortalecimento e à expansão da pesquisa e da pós-graduação.
  • Estabelecer política de inserção internacional.
  • Criar programas de pós-graduação compartilhados, em áreas estratégicas, considerando as competências das Universidades consorciadas.
  • Realizar Simpósio de Integração Acadêmica, ensino, pesquisa e extensão entre as consorciadas.
  • Desenvolver, nos próximos quatro anos, projetos e formação de núcleos de estudos prioritariamente nas áreas de nanotecnologia, bioenergia, biodiversidade, meio ambiente, sustentabilidade, fitoterápicos e educação.

Assistência Estudantil e Mobilidade

  • Estabelecer estruturas organizacionais equivalentes, entre as consorciadas, para a gestão da Assistência Estudantil.
  • Disponibilizar meios de mobilidade a, pelo menos, 10% dos estudantes de graduação dos cursos presenciais, das consorciadas.
  • Conceder bolsa a todos os estudantes em mobilidade.

Extensão e Cultura

  • Estabelecer mecanismos de desenvolvimento e compartilhamento de práticas bem sucedidas de planejamento e gestão de atividades de extensão e cultura.
  • Instituir o Programa Corredor Cultural, visando à implantação de incubadoras, à circulação de produtos culturais e à realização de eventos.
  • Instituir o Programa de Sustentabilidade e Meio Ambiente para o desenvolvimento de atividades de educação ambiental, utilização de energias alternativas, reciclagem e gestão de resíduos, e qualificação de pessoas, em parcerias com Associações e Cooperativas de Catadores.
  • Estabelecer parcerias com órgãos públicos e privados para viabilizar recursos para programas e projetos de extensão e cultura.

Saiba mais sobre o Consócio e acompanhe as discussões. Acesse www.ufla.br/consorcio.

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.