Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Liberado recurso para o início das obras do Parque Científico e Tecnológico

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quarta, 25 Mai 2011 15:13 | Última Atualização: Segunda, 23 Mai 2011 14:01
Por Cibele Aguiar
Foi oficializada na quinta-feira (19), na Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), a liberação de recurso do Governo de Minas no valor de um milhão de reais para o início das obras do Parque Científico e Tecnológico de Lavras. Na assinatura do convênio, o vice-reitor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), professor José Roberto Soares Scolforo, ressaltou o período de tramitação para a liberação do recurso, cujo sucesso dependeu da participação de diversos profissionais e instituições parceiras. O recurso será destinado para os projetos arquitetônico e urbanístico, a regularização ambiental e início das obras, em uma área de sete hectares cedida em comodato pela Prefeitura de Lavras, conectada à UFLA e próxima ao aeroporto municipal. A segunda fase da obra prevê a construção de 3.000 m2 de área para abrigar cerca de 30 empresas, anfiteatro para 300 pessoas, salas de runião e espaço para administração das empresas a serem instaladas no parque. O projeto também prevê a construção de um prédio com 4500 m2 para abrigar empresas de base tecnológica e centro de convivência. Terão prioridade as empresas com foco em agronegócio, biotecnologia animal e vegetal, e tecnologia e gestão ambiental. Todo o processo de construção do Parque Científico e Tecnológico de Lavras é acompanhado por um conselho coordenado pelo professor José Roberto Scolforo, o pró-reitor de Pesquisa da UFLA, professor Luis David Solis Murgas, além de representantes da Prefeitura Municipal, Sectes e Sebrae. Para o reitor da UFLA, professor Antônio Nazareno Guimarães Mendes, o Parque Científico e Tecnológico irá proporcionar uma maior interação entre a Universidade e a sociedade, possibilitando que as empresas aproveitem a infraestrutura e a qualificação dos profissionais da UFLA, visando à transformação do conhecimento em desenvolvimento e competitividade para toda a região. Trajetória Embora o recurso seja o marco para o início das construções, o projeto do Parque Científico e Tecnológico de Lavras tem uma longa trajetória. Da ideia visionária do professor do Departamento de Ciência da Computação, André Luiz Zambalde, em 2000, a UFLA consolidou seu programa de incentivo à inovação e se forteleceu como universidade empreendedora de referência. Assuntos relacionados à inovação ganharam ênfase a partir de 2004, com a Lei de Inovação e com os trabalhos coordenados pelo então pró-reitor de Pesquisa, prof. Scolforo que, juntamente com sua equipe, iniciaram uma série de atividades sobre o tema na UFLA. Essa experiência possibilitou a implantação do Núcleo de Inovação Tecnológica na UFLA (Nintec), do Programa de Incentivo à Inovação (PII) - pioneiro em Minas Gerais, e da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (Inbatec),  entre outras iniciativas. Na visão do coordenador do projeto, professor Scolforo, a competência atual da UFLA sobre a temática inovação está calcada em três pilares: o fortalecimento da propriedade intelectual, o incentivo à inovação tecnológica e o apoio e gestão a empreendimentos inovadores por meio da Inbatec, que inicia suas atividades nesta sexta-feira (27), com a presença do secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues. Esses pilares compõem um conjuto de projetos que prepararam a UFLA para apoiar as empresas intensivas em tecnologia que desejarem participar do Parque Científico e Tecnológico de Lavras. Veja a matéria publicada no Diário Oficial de Minas Gerais
Parques tecnológicos recebem novos recursos Universidades de Lavras e Itajubá vão aplicar mais de R$ 2 milhões em inovação
 

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.