Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

UFLA aprova convênio com a Universidade de Wageningen para intercâmbio de estudantes

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Terça, 30 Agosto 2011 07:52 | Última Atualização: Sexta, 26 Agosto 2011 05:22
Dando mais um passo na internacionalização, a UFLA, em parceria com a Esalq/USP, aprovou um convênio de intercâmbio com a Wageningen University Research center (WUR), na Holanda, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES e BRANETEC. A parceria vai facilitar o intercâmbio de estudantes de graduação dos cursos de Agronomia e Engenharia de Alimentos entre ambas as universidades. Em breve será divulgado o Edital. Para a UFLA, essa conquista abre novas possibilidades de intercâmbio de estudantes, que podem passar de seis meses a um ano cursando disciplinas na WUR, recebendo bolsas pela CAPES, com a possibilidade de contabilizar os créditos cursados no exterior na própria grade curricular dos cursos. Segundo o professor Antônio Chalfun Junior, Diretor de Relações Internacionais da UFLA, "esta oportunidade é ímpar pois consolida os esforços de criarmos oportunidades de intercâmbio para os cursos de graduação, somando-se assim aos esforços já feitos para a pós-graduação". O projeto, que é coordenado pelos professores Joel Yutaka Sugano (DAE), Rafael PIO (DAG), Alcineia de Lemos Souza Ramos (DCA), além do professor Antônio Chalfun Junior (DBO), prevê o pagamento das passagens aéreas de ida e volta para os estudantes, bolsas mensais de €870,00/mês, além de seguro saúde e auxílio instalação. Além disto, o convênio também possibilitará a ida de docentes da equipe do projeto para a Holanda a missão de trabalho. Poderão se candidatar para estas bolsas os estudantes dos cursos de Agronomia e Engenharia de Alimentos que preencham os seguintes requisitos:
  1. Terem cursados mais de 50% dos créditos exigidos para a conclusão do curso.
  2. Cursar pelo menos 10% dos créditos exigidos para a conclusão do curso após o retorno ao Brasil.
  3. Ter proficiência em língua inglesa, atestado por meio do teste TOEFL acima de 79-80 pontos iBT (Internet-Based Test) ou 550 pontos PBT (Paper-Based Test).
  4. Apresentar rendimento escolar acima de 75%, comprovado pelo Coeficiente de Rendimento Acadêmico (CRA).
O processo seletivo consistirá de análise de currículo, histórico escolar e entrevista . O projeto terá a duração de dois anos, até 2013-2014. "Assim, os futuros candidatos poderão se preparar melhor para as próximas seleções que ocorrerão durante o período de vigência do projeto” , reforça o professor  Joel Sugano, coordenador do projeto. Outras informações poderão ser obtidas nas coordenadorias dos cursos de Agronomia e Engenharia de Alimentos, respectivamente com os professores Rafael Pio ( 3829-1007) e Alcineia de Lemos Souza Ramos (3829-1403).  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.