Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Professor Magno Ramalho enfatiza o melhoramento genético e propõe programa articulado para o café

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quarta, 31 Agosto 2011 12:58 | Última Atualização: Sexta, 26 Agosto 2011 05:24
Nesta quarta-feira (24), na programação do VII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, houve um debate marcante na área de melhoramento do cafeeiro, com a apresentação do professor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), Magno Patto Ramalho. Entre os participantes do painel, melhoristas renomados das principais instituições de ensino e pesquisa do país. Como mensagem principal, a importância do melhoramento clássico do cafeeiro, bem como o incentivo aos jovens para que dêem continuidade às pesquisas nesta área. O professor Magno Ramalho apresentou um breve histórico do melhoramento de plantas, com destaque para o legado do pesquisador do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), Alcides Carvalho. Apresentando diversas analogias, enfatizou a discussão atual sobre o conceito de gene e que a utilização de tecnologias biotecnológicas no melhoramento é mais complexa do que se imaginava. Em concordância com os melhoristas presentes no painel, Ramalho destacou a importância de haver um equilíbrio de investimento e de talentos para que haja um programa de melhoramento integrado e associado às informações genealógicas dos experimentos. “Se você trabalha com plantas perenes, pense perenemente”, reforçou.  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.