Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras tem início nesta terça-feira (1º)

Publicado: Quinta, 10 Novembro 2011 05:57 | Última Atualização: Segunda, 31 Outubro 2011 08:08
Cibele Aguiar
De terça-feira (1º) a sexta-feira (4/11), profissionais ligados à cadeia produtiva do café estarão reunidos em Poços de Caldas, sul de Minas, para o 37º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras.  O mais tradicional evento do setor dará destaque para o tema: “Mais tecnologia, mais café”, que evidencia a importância do uso racional de novas técnicas para aumentar a produtividade e a renda. O evento é uma organização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Fundação Procafé e instituições apoiadoras, como a Universidade Federal de Lavras (UFLA). Como tradicionalmente ocorre, o evento deverá reunir pesquisadores de diversas instituições públicas e privadas do país, consultores, extensionistas, estudantes, produtores e demais profissionais em um grande fórum sobre os rumos da cafeicultura e a difusão de novas tecnologias. A solenidade de abertura está marcada para a manhã de terça-feira (1º), às 9 horas, no Espaço Cultural da Urca. Nos dias 1º, 2 e 3, divididos em sessões especiais e moderadas, haverá apresentação de 101 trabalhos de pesquisa, englobando diversas áreas do conhecimento e temáticas. Cada dia do Congresso será finalizado com a apresentação de um seminário, marcado para o final da tarde. Na terça-feira (1º), o pesquisador do Mapa Roberto Santinato e professor da Universidade Federal de Lavras (UFLA) Fábio Moreira farão explanação sobre a mecanização da lavoura cafeeira. Na quarta-feira (2), será a vez dos pesquisadores da Fundação Procafé/Mapa José Brás Matiello e Saulo Roque de Almeida apresentarem resultados de pesquisas sobre doenças secundárias do cafeeiro. Na quinta-feira (3), haverá uma “dobradinha” entre o relato do pesquisador do Instituto Agronômico (IAC) Gerson Giomo e do engenheiro agrônomo e administrador do Grupo Sertãozinho José Renato Dias. Na sexta-feira (4) haverá um Dia de Campo nas fazendas do Grupo Sertãozinho (Fazenda da Rainha e Santa Inês), com demonstrações de sistema safra zero, microterraceamento de cafezais em áreas declivosas, verificação de problemas com Pseudomonas e diversificação com oliveiras. O Dia de Campo será finalizado com o oferecimento de uma tradicional feijoada.  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.