Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

UFLA aprova mais três programas de Pós-Graduação Stricto Sensu - dois inéditos no país

Publicado: Segunda, 05 Janeiro 2015 07:15 | Última Atualização: Quinta, 24 Novembro 2011 08:20
Cibele Aguiar
[caption id="attachment_7766" align="alignleft" width="234" caption="Sala de aula do setor de Botânica Estrutural"][/caption] A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) aprovou a criação de mais três programas de Pós-Graduação Stricto Senso na Universidade Federal de Lavras (UFLA). São dois programas acadêmicos: Mestrado e Doutorado em Botânica, vinculado ao Departamento de Biologia (DBI); Mestrado em Física, vinculado ao Departamento de Ciências Exatas (DEX); e um programa na modalidade mestrado profissional em Genética e Melhoramento de Plantas, também do DBI. Com os novos programas, a UFLA soma 22 Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu na modalidade acadêmica e três programas na modalidade profissional. Na avaliação do pró-reitor de Pós-Graduação, Mozar José de Brito, os novos cursos vêm somar à qualidade dos programas já ofertados, dignificando a história de 36 anos de pós-graduação na Universidade. “O mestrado e doutorado em Biologia Aplicada já foi aprovado com conceito 5 na Capes, o que evidencia a qualificação da equipe e da instituição”, ressalta, lembrando que existem outros três programas aguardando parecer da Capes para terem início. Mestrado Profissional em Genética e Melhoramento de Plantas Inédito no Brasil, o DBI inova ao ofertar o Mestrado Profissional em Genética e Melhoramento de Plantas, que será conduzido por uma equipe com 25 anos de experiência no mestrado e doutorado acadêmicos.  O Programa objetiva a qualificação de recursos humanos que atuam em empresas e que necessitam do conhecimento teórico para realizar tarefas relacionadas ao melhoramento de plantas. De acordo com o coordenador do Programa, professor João Cândido de Souza, a demanda por profissionais dessa área, especialmente por empresas privadas, é crescente. O diferencial está na formação de um profissional atuante no mercado, que terá a oportunidade de se capacitar em uma das linhas de pesquisas disponíveis no programa, tendo a oportunidade de treinamento com uma equipe altamente qualificada, além do desenvolvimento de um trabalho de conclusão que esteja alinhado aos projetos da empresa. “A convivência próxima às empresas possibilitará rica experiência em trabalhos diretamente relacionados à produção e difusão de novas cultivares”, ressalta o professor João Cândido. Para outras informações acesse: http://www.prpg.ufla.br/ppg/genetica/index.php?id=68 Mestrado em Física O Programa de Mestrado em Física, modalidade acadêmico, é uma ação conjunta da UFLA, da Universidade Federal de Alfenas e da Universidade Federal de São João Del Rei, no âmbito do Consórcio das Universidades Federais do Sul-Sudeste de Minas. A previsão é que o ingresso da primeira turma ocorra no primeiro semestre de 2012. Nesse Programa, o discente terá a oportunidade de cursar disciplinas nas três instituições, com o diferencial de uma formação plena não apenas na esfera acadêmica, mas também com a possibilidade de formação de redes de pesquisa e de publicações conjuntas.  A coordenação-geral do Programa consistirá de um colegiado com um coordenador-geral e dois coordenadores adjuntos, que respeitará um rodízio que garanta a participação de um membro de cada instituição na coordenação do programa. O representante da UFLA é o professor Luiz Cleber Tavares de Brito (DEX). Mestrado e Doutorado em Botânica Aplicada Inédito no Brasil e na América Latina, o Programa de Pós-Graduaçãoem Botânica Aplicada(PPGBA), proposto pelo Departamento de Biologia da UFLA, foi aprovado na Capes com o conceito “5”, em nível de mestrado e doutorado. A previsão é que as atividades sejam iniciadas no primeiro semestre de 2012, com a expectativa para o oferecimento de 10 vagas para o mestrado e 10 vagas para o doutorado.  O professor Evaristo Mauro de Castro será o coordenador do Programa, tendo na composição do colegiado os professores Fabricio José Pereira, Moacir Pasqual, Vânia Helena Techio e Flávia de Freitas Coelho.  O Programa em Botânica Aplicada será diferenciado por apresentar características que envolvem a botânica de maneira multidisciplinar, com linhas de pesquisa voltadas para o aperfeiçoamento de processos de produção vegetal, produção e prospecção de produtos naturais, manejo de recursos naturais, conhecimento da flora brasileira e monitoramento ambiental. Esse tipo de enfoque é recente e é observado em programas de pós-graduação em instituições internacionais.  O Programa deverá atender aos profissionais de diversas áreas de formação, preenchendo uma lacuna que existe na formação em nível Stricto Sensu de biólogos, engenheiros agrônomos, engenheiros agrícolas, engenheiros florestais, engenheiros ambientais, químicos, físicos, zootecnistas, biotecnólogos, geógrafos e ecólogos. Em razão da natureza aplicada do curso, o interesse dos alunos será despertado pelo intercâmbio entre as diferentes áreas e a possibilidade de estudar situações específicas de sua área de formação. Outras informações sobre o Programa de Botânica Aplicada acesse: http://www.prpg.ufla.br/ppg/ecologia/index.php    

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.