Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Capes aprova dois projetos da UFLA para cooperação com a Universidade de Wageningen

Publicado: Sexta, 23 Janeiro 2015 14:01 | Última Atualização: Terça, 17 Julho 2012 12:56
Cibele Aguiar
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) aprovou dois projetos da Universidade Federal de Lavras (UFLA) para o Programa Capes/Nuffic que prevê o intercâmbio científico entre Instituições de Ensino Superior (IES) do Brasil e da Holanda, visando à formação de recursos humanos de alto nível nos dois países. Os projetos selecionados serão beneficiados com missões de trabalho, missões de estudo e recursos de custeio. Fitopatologia Um dos projetos aprovados tem a coordenação brasileira do professor José da Cruz Machado, do Departamento de Fitopatologia (DFP/UFLA), intitulado “Genômica e proteômica na diagnose de patógenos associados a planta, sementes e micotoxinas em importantes culturas tropicais”. Além do professor Machado, pesquisador reconhecido internacionalmente na área de patologia de sementes, outros 11 professores da UFLA fazem parte da equipe, reforçando ainda mais a qualificação técnica do projeto.  A coordenação na Holanda ficará sob a responsabilidade do professor da Universidade de Wageningen Theo van Der Lee. De acordo com o professor Machado, a aprovação do convênio de cooperação acadêmico-científico entre o setor de Fitopatologia da UFLA e a Universidade e Centro de Pesquisa de Wageningen (WUR) deverá fortalecer a parceria já existente entre as instituições, possibilitando o intercâmbio de estudantes e professores e o aprimoramento dos programas de pós-graduação. O Projeto dará especial atenção ao treinamento de estudantes brasileiros e holandeses por meio de intercâmbio (sanduíche) em programas de pós-graduação e oportunidades de pós-doutoramento para professores da UFLA, além da interação para publicação conjunta de artigos científicos e livros com os resultados do projeto de cooperação. A cooperação prevê ainda a organização de workshops, realização de cursos intensivos, identificação de marcadores moleculares, desenvolvimento e estabelecimento de metodologias, desenvolvimento de técnicas de controle biológico e revisão de conceitos tradicionais. Controle Biológico O outro projeto da UFLA aprovado tem a coordenação da professora Vanda Helena Paes Bueno, do Departamento de Entomologia (DEN/UFLA), intitulado “Interações multitróficas em insetos inimigos naturais: pesquisa básica e aplicada”. O projeto tem a parceria brasileira da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP) e prevê a avaliação da capacidade de controle de inimigos naturais por meio do estudo das interações multitróficas, pesquisa da ecologia comportamental e dinâmica populacional. Segundo a professora Vanda Bueno, o projeto de pesquisa conjunto com Esalq e Wageningen terá como objeto de estudo o cultivo de tomate, importante hortaliça para o Brasil e Holanda, bem como os predadores da praga chave desse cultivo (Tuta absoluta), recentemente encontrados pela equipe de pesquisadores envolvidos no projeto.   O Departamento de Entomologia da UFLA recebe de junho a agosto deste ano o professor Johan C. van Lenteren, coordenador do projeto na Holanda. A vinda do professor-visitante faz parte de outro memorando de colaboração entre a UFLA e a Universidade de Wageningen, em projeto aprovado na Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig).  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.