Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Professor da UFLA tem artigo destacado em conferência internacional na área de Ciência da Computação

Publicado: Sexta, 28 Novembro 2014 08:23 | Última Atualização: Quinta, 27 Setembro 2012 06:49
Cibele Aguiar
O nome da Universidade Federal de Lavras (UFLA) foi destacado na conferência internacional Advances in Databases and Information Systems (ADBIS 2012), realizada de 18 a 20 de setembro, na Polônia, na qual o artigo do professor Leonardo Andrade Ribeiro, do Departamento de Ciência da Computação (DCC), foi selecionado como um dos quatro melhores trabalhos da Conferência.   Uma versão estendida do artigo intitulado “Leveraging the Storage Layer to Support XML Similarity Joins in XDBMSs” foi convidada para ser submetida ao Journal of Data Management, publicado pela Information Resources Management Association. O trabalho selecionado é fruto de uma parceria com o professor Theo Härder, da Universidade de Kaiserslautern, Alemanha. A viagem do professor Leonardo Ribeiro para a Conferência foi financiada pela universidade alemã. A ADBIS surgiu inicialmente como um fórum para divulgação de trabalhos científicos na área de Banco de Dados entre países do leste europeu. Atualmente, a conferência encontra-se em sua 16ª edição, recebendo submissões de pesquisadores do mundo todo, sendo reconhecida como uma das principais conferências da área. Processamento acelerado O foco do artigo é a otimização de operações sobre certos tipos de dados complexos em sistemas de banco de dados. O professor explica que operações internas desses sistemas realizam comparações entre valores de dados o tempo todo. Para valores simples, como números, o tipo de operação mais comum é verificar se um valor é igual ao outro. “Entretanto, simples testes de igualdade deixam de fazer sentido quando temos que lidar com dados complexos, como textos longos, imagens geográficas ou sequências genômicas. Nesse caso, as comparações são baseadas em cálculos de similaridade. O problema é que tais cálculos são geralmente onerosos computacionalmente, o que pode inviabilizar o processamento de grandes volumes de dados”, explicou, destacando que a principal novidade do trabalho consistiu na exploração de estruturas e mecanismos internos de um sistema de banco de dados para acelerar esse processamento. Segundo Leonardo Ribeiro, além de fortalecer a parceria com a Universidade de Kaiserslautern, esse trabalho irá contribuir para a consolidação do recém-criado mestrado acadêmico (stricto sensu) em Ciência da Computação e para intensificar atividades de pesquisa na área de Bancos de Dados na UFLA.  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.