Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Curso abordou cavalo mangalarga marchador

Publicado: Terça, 08 Janeiro 2013 13:18 | Última Atualização: Quinta, 01 Novembro 2012 05:52
Principal raça brasileira de equinos criados no País, o mangalarga marchador foi o tema de um curso promovido pelo Núcleo de Estudos em Equideocultura da UFLA (Nequi) em parceria com a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM). O Curso Universitário Mangalarga Marchador para todos - Nível I foi realizado nos dias 26, 27 e 28 de outubro, em Lavras. Os palestrantes do curso foram Tiago Resende Garcia (diretor da Escola Nacional de Árbitros da ABCCMM) e Bruno Souza Lima (árbitro da 31ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador). Foram ministradas aulas teóricas e prática sobre a história da raça, julgamento de morfologia e marcha, noções de manejo e nutrição de equinos. As aulas teóricas realizaram-se na Sala de Reuniões do Departamento de Zootecnia da UFLA (DZO) e a aula prática no Haras El Far em Lavras (criatório que é referência na raça e de propriedade do atual presidente da ABCCMM, Magdi Shaat). Cerca de 40 pessoas participaram do curso, entre estudantes, profissionais e produtores rurais de criatórios da raça. Todos tiveram oportunidade de tirar suas dúvidas com os palestrantes e aprenderam a forma de julgamento realizado na prática em exposições oficiais da raça. Segundo a professora Raquel Silva de Moura, orientadora do Nequi, o Mangalarga Marchador vem se destacando no âmbito nacional e internacional da equideocultura por ser uma raça dócil, com andamento cômodo para atividades de lazer (marcha) e seleção voltada para funcionalidade desses cavalos de sela. O curso teve grande procura, o que levou à abertura de inscrições para a segunda turma – com previsão de curso para fevereiro de 2013, na UFLA.  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.