Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

PRP premia melhores trabalhos de Iniciação Científica e BIC Júnior apresentados no Ciufla

Publicado: Quinta, 06 Dezembro 2012 09:12 | Última Atualização: Terça, 04 Dezembro 2012 12:33
Cibele Aguiar
[caption id="attachment_17256" align="aligncenter" width="428"] Estudante Fernanda Monteiro e o professor Eustáquio Dias: incentivo ao estudo e à pesquisa[/caption] Na sexta-feira (30), foi realizada a cerimônia de encerramento e premiação dos melhores trabalhos apresentados no evento “Internacionalização da UFLA: oportunidades e desafios”, que incluiu a realização simultânea do XXV Congresso de Iniciação Científica (Ciufla), VII Congresso de Extensão (Conex) e XXI Congresso de Pós-Graduação. No Ciufla, a Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP) selecionou dois trabalhos resultantes de atividades de pesquisa vinculadas aos programas de Iniciação Científica da UFLA e do Programa BIC Júnior. Foram apresentados 1.140 trabalhos técnico-científicos nas áreas de Ciências Exatas e da Terra, Ciências Biológicas, Engenharias, Ciências da Saúde, Ciências Agrárias, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas, Linguística, Letras e Artes. O trabalho da estudante Fernanda Carlos Monteiro, do 3º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Dora Matarazzo, bolsista do Programa BIC Júnior, foi selecionado para a honraria “BIC Júnior Destaque na Iniciação Científica”. O trabalho intitulado “Verificação do antagonismo entre Bacillus megaterium, Scytalidium e Streptomyces com o Agaricus brasiliensis”, teve a orientação do professor Eustáquio Souza Dias e coorientação da professora Simone Cristina Marques, ambos do Departamento de Biologia (DBI). Com a família cheia de orgulho, a estudante reforça que a participação no Programa BIC Júnior e a convivência com outros estudantes da UFLA serviram como incentivo para seus estudos e para despertar o interesse em cursar o Ensino Superior e continuar a atuação na pesquisa. A estudante desenvolveu o trabalho no âmbito de um projeto financiado pela Fapemig, com foco no isolamento de micro-organismos benéficos para o cultivo de cogumelos. O professor Eustáquio confirma o envolvimento dos estudantes no Programa, possibilitando o despertar de jovens talentos para a pesquisa. Para ele, além de fazer diferença na formação dos estudantes do Ensino Médio, promove a troca de experiências entre estudantes de iniciação científica e de pós-graduação, fortalecendo as atividades cotidianas em equipe. Prêmio “Destaque na Iniciação Científica” [caption id="attachment_17257" align="aligncenter" width="612"] À direita, a estudante Marina Brasil e a orientadora da pesquisa, professora Laura Pôrto, à esquerda, professores Sandra Coelho e Michel Pereira, coorienatdores; e estudantes colaboradoras[/caption] Marina Silva Xavier Brasil, graduanda do 5º período do curso de Nutrição, foi selecionada como destaque com o trabalho intitulado “Avaliação do risco de doenças cardiovasculares em policiais militares e dependentes participantes do Programa de Prevenção e Tratamento da Obesidade”. A pesquisa foi desenvolvida sob a orientação da professora Laura Cristina Jardim Pôrto e coorientação dos professores Sandra Bragança Coelho e Michel Cardoso de Ângelis Pereira, com a colaboração das estudantes do curso de Nutrição da UFLA Fábia Ferreira Elias e Ludmila Dias dos Santos Leal. Na avaliação da professora Laura Pôrto, a iniciação científica contribui para a formação diferenciada do estudante, que desenvolve uma visão crítica e interdisciplinar da nutrição. No caso específico do trabalho selecionado, alia a ampliação do conhecimento científico com a atuação direta com a sociedade, possibilitando uma formação profissional plena. Fato que motivou a estudante Marina Brasil e a convenceu de que estava no caminho certo. Com o envolvimento na pesquisa, ela descobriu a aptidão para a investigação científica, ciente de que o esforço na graduação fará dela uma profissional com diferencial no mercado de trabalho. A premiação consistiu de um certificado com a menção honrosa e o valor de R$ 500,00 para o graduando e R$ 300,00 para o estudante do BIC Júnior.      

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.