Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

DGTI esclarece interrupções nos serviços de e-mail e acesso à Internet

Publicado: Terça, 16 Abril 2013 07:51 | Última Atualização: Quinta, 11 Abril 2013 15:19
25.01-DGTIA Diretoria de Gestão e Tecnologia da Informação (DGTI/UFLA) esclarece que as interrupções no acesso à Internet nos dias 5 e 8 de abril foram causadas por problemas externos, alheios ao controle e atuação da Universidade. No caso específico da interrupção do dia 5/4, a interrupção foi ocasionada por problemas em uma manutenção programada no Ponto de Presença da Rede Nacional de Pesquisa em Minas Gerais (POP-MG/RNP) (http://www.pop-mg.rnp.br), que provê o acesso a Internet a todas as instituições federais de ensino superior de Minas Gerais. A manutenção extrapolou a janela de manutenção acordada, que inicialmente estava definida para o período das 7h15 às 7h30 da manhã, mas que se estendeu até às 9 horas, quando o sistema foi restabelecido. A interrupção no dia 8 de abril foi novamente ocasionada por indisponibilidade do serviço provido pela RNP. Assim que o problema foi detectado, a Coordenadoria de Administração de Redes e Sistema da DGTI abriu uma ordem de serviço no Centro de Operações do POP-MG, que nos justificou que o problema se devia a falhas no serviço de roteamento da Rede. A DGTI esclarece que todas as paradas internas são programadas fora do horário de expediente e notificadas com antecedência mínima de uma semana, salvo motivo de força maior. Com relação a interrupção no serviço de e-mail, a DGTI informa que foi preciso efetuar uma manutenção emergencial no servidor Zimbra, ocasionado por uma série de fatores. Um dos usuários do servidor respondeu a um e-mail falso, pedindo para atualizar os dados cadastrais. Com isso, a conta desse usuário foi utilizada para fazer o envio de mensagens não autorizados (Spans), ocasionando o bloqueio pelos principais provedores de email (gmail, hotmail e yahoo). Com o acúmulo de mensagens e devido ao tamanho das caixas postais, o servidor trabalhou com 100% de processamento. Para evitar o comprometimento total do servidor, foi preciso migrar mais de 10 Terabytes de dados e, por esse motivo, o serviço ficou inoperante entre 11h40 e 17h40 do dia 8/4. Aliado a esse problema, houve a queda do link no POP-MG, localizado em Belo Horizonte, que prejudicou a saída das mensagens que estavam na fila do servidor de e-mail. De acordo com o diretor de Gestão e Tecnologia da Informação, Erasmo Evangelista de Oliveira, o setor monitora e previne os usuários para que problemas como esse não mais ocorram. “Todos os serviços de rede (acesso à internet, voip, videoconferência, e-mail, etc, bem como os enlaces internos da Rede UFLA que ligam os departamentos à DGTI (por meio de fibra ótica e equipamentos de rede) são monitorados e qualquer interrupção que afete o departamento como um todo é detectada pelo nosso sistema de monitoramento, e as providências são tomadas para restablecer a conexão independente de notificação do usuário”, esclarece. No entanto, problemas pontuais nas estações de trabalho dos usuários (ponto de rede inoperante, placa de rede, vírus) devem ser reportados, com informações precisas, via sistema de suporte (www.suporte.ufla.br) ou pelos telefones de suporte 1125, 1526 e 1474, para que as providências cabíveis sejam tomadas no sentido de reestabelecer o serviço. A DGTI solicita:
  • Nunca responda a e-mails com pedido de recadastramento. Esses e-mails serão utilizados para prática de SPAM. A DGTI não solicita nenhum tipo de recadastramento.
  • Apagar, com frequência, as mensagens não utilizadas na caixa de entrada, mensagens enviadas e lixeira.
   

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.