Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Professor da UFLA apresenta ações e parcerias no Seminário Brasil-Portugal de Tecnologias em Energias

Publicado: Segunda, 10 Novembro 2014 14:12 | Última Atualização: Segunda, 29 Abril 2013 13:34
29.04 biodieselA Universidade Federal de Lavras (UFLA) tem se tornado referência em tecnologias para o uso de energias renováveis, sediando a maior plataforma de pesquisa na cadeia produtiva do biodiesel no Brasil. Alguns desses resultados foram apresentados no Seminário Brasil-Portugal sobre Tecnologias em Energia, realizado de 16 a 19 de abril, em Lisboa, Portugal. O evento integra a programação do Ano do Brasil em Portugal e tem o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O professor Pedro Castro Neto, do Departamento de Engenharia (DEG/UFLA), participou da delegação brasileira no evento, composta por representantes do MCTI e da Rede Brasileira de Tecnologias de Biodiesel (RBTB). Antes do evento, realizado no Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), no edifício Solar XXI – modelo de autossuficiência em energia, a delegação brasileira participou de uma reunião na Embaixada do Brasil em Portugal, para apresentação das ações e resultados das pesquisas. Durante o seminário, na mesa-temática “Pesquisa Desenvolvimento e Inovação em Energia e Biocombustíveis”, o professor da UFLA apresentou as ações da RBTB, em especial da Rede de Matérias-Primas/RBTB, da qual é o coordenador. Além das ações da Rede, apresentou as linhas de pesquisa em desenvolvimento na UFLA e propôs parcerias com instituições de pesquisa, desenvolvimento e inovação que trabalham com energias renováveis. 29.04 biodiesel 2A UFLA já mantém acordos de cooperação técnica internacional em produção e consumo de biodiesel, o que facilita o intercâmbio de estudantes de graduação e pós-graduação no âmbito do programa Ciência sem Fronteiras. Segundo o professor, o objetivo é ampliar as parcerias de forma a aproveitar a infraestrutura de ponta dos institutos europeus para o avanço da fronteira do conhecimento. “Esse é o começo de uma grande ação com Portugal, que deverá envolver toda a comunidade acadêmica, podendo ser expandida para outras áreas do conhecimento”, reforça Pedro Neto. Além do LNEG, a delegação brasileira também fez uma visita técnica ao Instituto Superior Técnico (Lisboa), com foco na troca de experiência e proposição de parcerias em Energias Renováveis e Biocombustíveis. Referência A UFLA é responsável pela organização do Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel e o 5º Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel que, juntos, constituem o principal evento técnico-científico na área de biodiesel do País. Em oito anos e 13 eventos realizados, já foram publicados mais de quatro mil artigos científicos. Outro destaque da Universidade é o grupo de estudos G-Óleo, que integra cerca de 50 estudantes de graduação e pós-graduação em estudos sobre a temática.    

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.