Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Professor da UFLA é único brasileiro no Comitê de Normas Técnicas da Associação Americana de Cafés Especiais

Publicado: Quinta, 25 Julho 2013 08:45 | Última Atualização: Segunda, 22 Julho 2013 11:50
22.07 borémO convite foi feito no início do ano e agora a participação do professor Flávio Meira Borém, do Departamento de Engenharia da Universidade Federal de Lavras (DEG/UFLA), como integrante do Comitê de Normas Técnicas foi anunciada para todos os membros da Associação Americana de Cafés Especiais – SCAA. O professor é o primeiro e único membro brasileiro a participar do grupo. A última edição digital da revista “The Specialty Coffee Chronicle”, editada pela SCAA, traz artigo da gerente da área científica da Associação, Emma Bladyka, que já esteve na UFLA acompanhando um grupo de empresários americanos para conhecer as pesquisas desenvolvidas pelo professor Borém. Intitulado “O cientista dos cafés especiais”, o artigo apresenta um resgate da história profissional do professor, reforçando a sua atuação como embaixador do café especial brasileiro, em particular da diversidade de sabores dos cafés naturais produzidos no País. O convite representa o reconhecimento internacional de Borém como um dos pesquisadores mais conceituados na área de cafés especiais, reforçando sua contribuição nas respostas científicas que sustentam a produção de cafés de qualidade diferenciada. Autor da obra Pós-Colheita do Café (Editora UFLA), Borém leva a marca de excelência da UFLA quando o assunto é a ciência por trás de uma xícara de café. Entre os temas prioritários de seus estudos, estão a relação da qualidade do café em diferentes ambientes e altitudes, o efeito das mudanças climáticas sobre a qualidade da bebida e boas práticas pós-colheita, incluindo novas técnicas de secagem, armazenamento e inovações no transporte de cafés diferenciados. O artigo da SCAA também destaca o esforço do professor Borém em reduzir a distância entre a ciência e a indústria, permitindo que os cafés especiais brasileiros se tornem mais conhecidos em todo o mundo. Destaca o professor como um pesquisador curioso, perspicaz e com uma percepção aguçada, além de uma reputação e amplo conhecimento sobre café. “O professor Borém vai emprestar sua expertise para o comitê da SCAA, ajudando a desenvolver novos padrões e melhores práticas”, enfatiza a representante da SCAA. Ela cometa que o Comitê começou recentemente um novo conjunto de projetos, incluindo alguns temas relacionados à experiência de Borém e que todos estão ansiosos para ampliar a colaboração para desenvolver novos padrões para os cafés de qualidade diferenciada. leio o artigo em: https://www.scaa.org/chronicle/2013/04/29/profile-the-specialty-coffee-scientist/  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.