Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Gedim visitou comunidade Noiva do Cordeiro

Escrito por DCOM | Publicado: Quinta, 12 Dezembro 2013 06:23 | Última Atualização: Terça, 10 Dezembro 2013 09:35
noiva do cordeiroO Grupo de Pesquisa e Extensão em Gênero e Diversidade em Movimento (Gedim) visitou, no dia 23 de novembro, a comunidade Noiva do Cordeiro, localizada no município de Belo Vale, na região central de Minas Gerais. Através do projeto “Relações de Gênero: Configurações e Reconfigurações da Divisão Sexual do Trabalho entre Mulheres Assentadas, Mulheres Negras e da Economia Solidária”, 60 pessoas se deslocaram dos municípios de Prados, Guapé e Lavras, com o objetivo de fortalecer trocas de experiências entre organizações produtivas. Vários temas puderam ser apreendidos pelas (os) visitantes: mulheres da Economia Solidária de Prados; do Conselho de Políticas de Igualdade Racial de Lavras e assentadas do grupo “Olhos D’água: Produzindo e Preservando” da Reforma Agrária Santo Dias de Guapé, cuja coordenação é do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra). Cerca de 300 pessoas moram na comunidade, sendo que 70 vivem na “Casa Mãe”, instituição coordenada por mulheres e pela matriarca D. Delina. É possível observar que as mulheres se deslocam entre a produção agrícola, confecção, fábrica de produtos de limpeza, atividades culturais, educação das (os) filhas (os), cuidado das (os) idosas (os) e atividades domésticas cotidianas. O café, as hortaliças orgânicas, frutas, o arroz, feijão, frango caipira, suínos, leite, queijo, os sucos, pães, bolos e biscoitos são preparados para a refeição pelas mulheres, de uma forma coletiva. Frutas e verduras também são cultivadas para fins comerciais e entregues no Ceasa de Belo Horizonte. As mulheres e alguns jovens capacitaram-se em oficinas de música, teatro e dança. Toda semana organizam a “Sexta da Viola”. A dupla sertaneja Márcia e Maciel gravou um CD e hoje faz sucesso na comunidade. Segundo Edilene Fernandes, presidente da Associação de Moradores da Comunidade Noiva do Cordeiro, toda renda é produzida coletivamente e reinvestida na manutenção e ampliação dos serviços prestados. O plantio é realizado em terras arrendadas. Como processo de ensino, pesquisa e extensão, as atividades foram comandadas pelos alunos (as) Alana Carvalho Pereira, Bruno Mazzi, Clarice Viana Avelar e Paula Cristina Correa Neto de Carvalho ; o professor do DECAC/UFSJ, Benedito Anselmo Martins Oliveira; a professora do DCH/UFLA, Vera Simone Schaefer Kalsing; os mestrandos do PPGA/DAE, Alex dos Santos Macedo e Luís Fernando Silva Andrade; e a bolsista especialista EXP-B do CNPq, Rosemeire Aparecida de Oliveira. O GEDIM está sob a coordenação da professora Maria Lourdes Souza Oliveira e conta com o apoio do CNPq. O Gedim é vinculado ao Departamento de Administração e Economia (DAE/UFLA), em parceria com a Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ), por intermédio do Departamento de Ciências Administrativas e Contáveis (Decac), e da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP).
Leonardo Assad - jornalista - bolsista Ascom