Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Estudantes do DCC criam aplicações inovadoras e projetos de novos negócios

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Segunda, 24 Fevereiro 2014 04:51 | Última Atualização: Quarta, 19 Fevereiro 2014 03:57
Close up of man's fingers typing on computerFerramentas de informática que podem facilitar a vida do cidadão - com utilização prática e até com funções sociais importantes – foram o resultado do trabalho de 50 alunos da disciplina de “Empreendedorismo em Sistemas de Informação”, no Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Lavras (DCC/UFLA). As aulas foram ministradas pelo professor Paulo Henrique de Souza Bermejo. Divididos em 11 grupos, os estudantes foram estimulados a criar aplicações inovadoras de software e estruturar novos negócios com base nessas inovações. De acordo com o professor, a metodologia adotada na disciplina faz com que muitos alunos enxerguem a oportunidade concreta de criar seu próprio negócio. “Os cursos de Sistemas de Informação e Ciência da Computação, como muitos outros, deparam-se constantemente com empresas e governos exigindo soluções práticas para seus problemas”, explica Bermejo. “Isso exige o desenvolvimento de trabalhos aplicados que podem alcançar maior dedicação dos alunos e melhores resultados para a disciplina, para o curso, para a Universidade e até para empresas e sociedade, diante da contribuição desses resultados práticos.” O foco no empreendedorismo foi aprovado pelos alunos de Bermejo. Leandro Martins diz que a disciplina abre a mente para o mercado e promove o equilíbrio com a teoria presente em boa parte do curso. Já Vancley Simão elogia o processo de simulações que foram feitas. “Essas simulações nos aproximam mais do real”, avalia. O estudante Calos Henrique Porta confirma a intenção do grupo em levar a sério a proposta da disciplina: “a nossa ideia, desde o princípio, é, sim, a de transformar o trabalho em um negócio”. As propostas de produtos desenvolvidas pelos alunos são alternativas consideradas viáveis comercialmente pelo professor Bermejo. Agora, cabe a cada grupo buscar recursos públicos e privados para conseguir transformar esses protótipos em produtos completos, que vão estruturar novos negócios e contribuir para o desenvolvimento local e regional. “Em tempos de investimento da UFLA no fomento a esse progresso, com a construção do Parque Tecnológico (Lavrastec), considero essencial que as disciplinas prezem pelo empreendedorismo e preparem os estudantes para esse mercado”, diz o professor.   A metodologia utilizada na disciplina A cada um dos 11 grupos coube o desenvolvimento de uma aplicação de software inovadora, vinculada à proposta de um novo empreendimento. Foram discutidos e definidos aspectos importantes referentes à estruturação de um novo negócio, como o segmento de clientes, o principal valor a ser entregue pelo produto aos clientes, as atividades-chave da empresa, os parceiros-chave e as formas de remuneração do produto para subsistência do negócio. Ao longo do programa, os alunos também receberam instruções sobre como buscar investimentos para transformar os protótipos produzidos para a disciplina em produtos comercializáveis. Também foram orientados sobre como preparar o negócio para que seja atrativo a investidores. Ao final dos trabalhos, foi realizada uma simulação de investimento pelos próprios alunos, quando cada um recebeu quantia fictícia de recursos para investir na empresa de outros colegas.   Conheça abaixo as ferramentas mais valorizadas pelos alunos da disciplina Ferramenta Easy Learn Software que cria aulas em áudio e vídeo a partir de apresentações Power Point, e disponibiliza esse conteúdo em aparelhos celulares smartphones. Assista ao vídeo demonstrativo da ferramenta Criada pelos alunos: Ariel Marques, Dante Miranda Filho, Diego Pereira, Elder Ferreira e Henrique Rodrigues.   RouteBus Aplicativo para smartphone que possibilita encontrar o ônibus mais próximo de onde está o cidadão, com mapas e rotas interativas. Assista ao vídeo demonstrativo da ferramenta Criado pelos alunos: Lucas Tavares, Patricia Oliveira, Rennan Campos  e  Ricardo Ribeiro Miranda   Cidadela Aplicativo para smartphone que possibilita compartilhar fotos e comentários sobre problemas encontrados nas cidades, com indicação de localização geográfica. Com esta ferramenta, gestores públicos podem estreitar suas relações com a comunidade e identificar demandas para a melhoria da infraestrutura das cidades. Assista ao vídeo demonstrativo da ferramenta Criado pelos alunos: Carlos Eduardo Chessi Melo Silva, Wesley Souza, Leandro Martins, Tulio Taveira, Carlos Henrique Porta e Vancley Simão.