Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Professor do DEG participa de programa de certificação aeroagrícola sustentável

Publicado: Terça, 22 Abril 2014 13:03 | Última Atualização: Quarta, 16 Abril 2014 08:18
ipanemaNo dia 10/4, foi realizado o primeiro workshop sobre Certificação Aeroagrícola Sustentável (CAS), na cidade paulista de Leme. O professor Wellington Pereira Alencar de Carvalho (DEG/UFLA), juntamente com outros integrantes do comitê técnico gestor do CAS, fez uma palestra sobre as vantagens do avião nas pulverizações, ressaltando temas como: segurança, equipamentos, legislação, formação do pessoal envolvido, formas de controle e avalição das operações. O CAS é um sistema voluntário de certificação para aplicadores aéreos, que tem como objetivo incentivar a capacitação e a qualificação de empresas de aviação agrícola e de operadores aeroagrícolas. No workshop, foram apresentadas 20 empresas certificadas na primeira fase do programa. O CAS foca-se no aprofundamento dos conceitos de responsabilidade e sustentabilidade das operações de aplicação de defensivos por via aérea, visando a melhorias na qualidade das pulverizações e redução de riscos de impacto ambiental dessa atividade. Para o professor Wellington Carvalho, o evento foi importante para divulgação do CAS e para derrubar mitos sobre a aviação agrícola: “Seguidamente, o setor é criticado por coisas que nada têm a ver com a realidade. E isso só se prolifera onde houver falta de informação. Então, a melhor maneira de evitar isso é divulgar a complexidade e a segurança das tecnologias empregadas pelo setor. E a própria preocupação que há em qualifica-lo ainda mais”. O CAS tem abrangência nacional e é realizado pela Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (Fepaf). A iniciativa é coordenada pelos professores Ulisses Rocha Antuniassi (Unesp), Wellington Carvalho (UFLA) e João Paulo Rodrigues da Cunha (UFU). O evento foi uma realização da Andef (Associação Nacional de Defesa Vegetal) e da Fepap (Federação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais), com o apoio de três universidades públicas: Faculdade de Ciências Agronômicas (Unesp); Universidade Federal de Lavras (UFLA) e Universidade Federal de Uberlândia (UFU).
Foto: www.sindag.org.br