Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

101º FSMEI ocorreu em Três Pontas com presença de professora do DED

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Segunda, 16 Junho 2014 06:02 | Última Atualização: Segunda, 09 Junho 2014 13:35
foto-fsmei-01 Depois do 100º Fórum Sul Mineiro de Educação Infantil realizado na Universidade Federal de Lavras (UFLA) em 24/4, o evento chegou à sua 101ª edição na cidade de Três Pontas (MG). Lá, o Fórum ocorreu em 29/5, com o tema “Literatura infantil: idades e interesses”. A professora do Departamento de Educação da UFLA (DED) e coordenadora das atividades, Cláudia Ribeiro, esteve presente e enfatizou a importância do encontro, depois da realização da edição passada, quando foram reafirmadas as dimensões política, teórica e metodológica do Fórum. A originalidade desta edição esteve na caracterização do ambiente: a escola em que foi realizada – o Caic – estava decorada, os professores vestiram-se como personagens de contos e lendas, e havia trabalhos expostos pelo local. Na chegada, os representantes dos municípios eram recepcionados pela “vovozinha”, em sua cadeira de balanço. No salão onde foi realizado o encontro, crianças com idade a partir de 6 anos, integrantes do coral infantil “Trenzinho Caipira”, cantaram o hino de Três Pontas, a música de Vila Lobos “Trenzinho Caipira” e a canção “Direito das crianças”, do compositor Toquinho. Houve, ainda, apresentação de um esquete teatral, com personagens que marcam o universo das histórias infantis. No total, profissionais de 18 municípios estavam presentes, além de autoridades da cidade de Três Pontas. Após a professora Cláudia, quem teve a palavra foi a professora do Instituto Federal da Bahia Ila Maria Silva de Souza. Ela citou o filósofo Leonardo Bof e o deslocamento do conceito “cuidado” para “cuidar e educar” na educação infantil; lembrou o quanto isso é representativo na vida das crianças. Em seguida, a contadora de histórias Marcela Teixeira Campos falou sobre “Olhar além do que se pode ver: a arte de contar histórias”, despertando a imaginação, a criatividade e interatividade. Na continuidade da programação, a coordenadora pedagógica Angelita Santos abordou o tema “A literatura e o desenvolvimento do imaginário da criança”. Angelita também realizou com os educadores uma oficina de confecção de bonecas de pano - as bonecas africanas Abayomi. A próxima edição do Fórum deve acontecer em 31/7, no município de Paraguaçu (Sul de Minas), com o tema “O direito de aprender brincando”. A professora Cláudia estará novamente presente, como conferencista.