Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Exames feitos em laboratório do DMV auxiliam médicos veterinários no diagnóstico preciso de doenças

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Segunda, 28 Julho 2014 14:11 | Última Atualização: Quinta, 17 Julho 2014 11:29
image004Uma doença afeta o rebanho e leva o proprietário a perder 50 cabeças de gado. Diante da situação, o veterinário Milton Silva, que presta serviços em propriedades rurais da região de Andradas (MG), recolheu amostras de sangue dos animais e enviou ao Laboratório de Patologia Clínica do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Lavras (DMV/UFLA). Os exames mostraram que se tratava da patologia conhecida popularmente como tristeza parasitária. Com o diagnóstico, o restante do rebanho pôde receber o tratamento adequado. “Os resultados dos exames feitos na UFLA não me deixam em dúvida e sempre me ajudam a resolver os problemas”, conta Milton. Esse é um exemplo de que os testes de patologia clínica, feitos em um laboratório especializado, apresentam-se como apoio técnico importante para o trabalho do médico veterinário. São exames que auxiliam o profissional no diagnóstico, na prevenção de doenças e no acompanhamento clínico dos pacientes. As análises são feitas em amostras de sangue, urina e demais fluidos corporais do animal. A veterinária Giselle Corrêa de Araújo, proprietária da clínica Vet Center, em Belo Horizonte, também recorre ao Laboratório da UFLA com frequência. Trabalhando com animais de pequeno porte e com animais silvestres, ela diz que o diferencial encontrado na instituição é o fato de ser possível obter não somente o resultado do exame, mas a avaliação de pesquisadores e profissionais experientes. “Conseguimos discutir o resultado e obter apoio na avaliação dos casos e na tomada de decisões”, diz. O Laboratório da UFLA recebe amostras de várias regiões do país, encaminhadas por sedex. Em até 24 horas após recebimento, os resultados estão disponíveis. Funcionando há mais de vinte anos, o laboratório passou a contar com equipamentos sofisticados e novas instalações a partir do segundo semestre de 2013, adquirindo, assim, a capacidade de realizar mais de mil exames por mês. Os aparelhos são específicos para uso veterinário, o que garante rigor, precisão e alta qualidade aos resultados. O professor do DMV responsável pelas atividades no Laboratório, Francisco Duque de Mesquita Neto, explica que é muito comum o envio de amostras biológicas de animais aos laboratórios especializados em medicina humana,uma vez que ainda são poucos os laboratórios veterinários. Enfatiza que os “aparelhos específicos para o uso veterinário são capazes de identificar detalhes relativos a cada espécie animal”, tornando o processo diferenciado. Um exemplo é o aparelho de bioquímica seca, capaz de realizar provas bioquímicas que verificam função hepática, enzimas musculares, entre outros.  O veterinário Milton Silva afirma que sua opção é sempre o laboratório especializado. “Apenas em casos extremos, em que não há alternativa, utilizo os laboratórios que atendem seres humanos”, diz. A equipe que atua no Laboratório de Patologia Clínica Veterinária da UFLA é composta por um doutor em sanidade animal e professor do DMV, dois técnicos de laboratório (sendo um médico veterinário e um farmacêutico-bioquímico), além de residentes e estagiários do curso de Medicina Veterinária. No laboratório são realizados hemograma, bioquímica, parasitológico de fezes, urinálise e exames de líquidos cavitários, todos ajustados, levando em consideração a espécie do animal (pequenos e grandes animais, além de animais silvestres). Profissionais de todo o país que precisem encaminhar material para análise no Laboratório da UFLA devem fazer contato com a equipe pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.