Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

III Encontro Internacional de Reitores discute o papel da universidade e o futuro da Educação Superior

Publicado: Quinta, 07 Agosto 2014 14:39 | Última Atualização: Quinta, 31 Julho 2014 09:42
Prof Scolforo, Reitor da UFLANesta semana (28 e 29/7), o reitor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), professor José Roberto Scolforo, participou do III Encontro Internacional de Reitores Universia, realizado no Rio de Janeiro. O evento reuniu mais de 1.100 universidades de 31 países para discutir o futuro da Educação Superior e a universidade do século XXI. Temas como internacionalização, tecnologia e a responsabilidade social e ambiental das universidades foram discutidos. Scolforo, que também preside o Fórum de Dirigentes de Instituições Públicas de Ensino Superior de Minas Gerais – Foripes, esteve acompanhado do diretor de Relações Internacionais da UFLA, professor Antônio Chalfun Junior e do coordenador do Programa de Internacionalização da UFLA, professor João José Marques, do Departamento de Ciência do Solo (DCS). O Encontro buscou quatro grandes objetivos: impulsionar a modernização das universidades; fomentar sua internacionalização, o empreendedorismo e a inovação universitária; identificar fatores que reforcem o papel de liderança social da Universidade e, por fim, destacar sua importância como produtora de conhecimentos e como instrumento decisivo para o desenvolvimento econômico e social dos países. Para o reitor da UFLA, o evento proporcionou uma rica troca de experiências e a oportunidade de conhecer ações que podem ser adotadas pela UFLA visando a fortalecer o processo de internacionalização e inovação. Também reforçou a orientação de como a universidade deve se posicionar para conquistar um espaço diferenciado no contexto global da educação e perante a sociedade. Scolforo destacou ainda que os desafios da universidade contemporânea são compartilhados por todas as instituições, mas as apresentações sinalizam que a UFLA está no caminho certo rumo às suas metas. Espaço Ibero-Americano do Conhecimento Com o tema “A universidade do século XXI: uma reflexão da Ibero-américa”, uma das palestras da programação foi apresentada por Emilio Botín, presidente do Banco Santander e do Universia - rede que congrega 1.290 universidades de 23 países, representando um total de 16,8 milhões de alunos e professores. Durante sua fala, ele anunciou o investimento de 700 milhões de euros em projetos universitários nos próximos quatro anos. Desafios para o futuro Entre os desafios enfrentados pelas universidades no século XXI, está a difícil tarefa de acompanhar a tecnologia e também de atrair a atenção de um estudante multiconectado. A postura dos professores, a formação continuada, a mobilidade e a melhoria no Ensino Superior também foram temas colocados em debate. A maioria dos temas esteve associada à busca pela consolidação do Espaço Ibero-americano do Conhecimento, chamado (EIC), que, entre outros aspectos, requer maior compromisso com a mobilidade universitária, equivalência e transferência de créditos, comparabilidade da estrutura de cursos e reconhecimento dos diplomas ou credenciamento das instituições de ensino. A partir das temáticas levantadas, foram definidas questões-chave para definir um plano de atuação. Confira os pontos considerados relevantes e documentados na Carta RIO 2014. Clique e confira  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.