Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Agricultores familiares de Três Pontas estarão na UFLA para capacitação na área de doces e geleias

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Sexta, 22 Agosto 2014 08:43 | Última Atualização: Quarta, 20 Agosto 2014 15:01
[caption id="attachment_45531" align="alignright" width="249"]Capacitação realizada em 4/7. Capacitação realizada em 4/7.[/caption] No dia 22/8 a Universidade Federal de Lavras (UFLA) receberá agricultores familiares para uma capacitação na área de produção de doces e geleias. O grupo é de 15 pessoas, todas integrantes da Associação dos Agricultores Familiares do Quilombo Nossa Senhora do Rosário de Três Pontas (AQUI3P), que se prepara para colocar em funcionamento sua agroindústria. Essa é a terceira capacitação pela qual passam os agricultores na UFLA. As atividades serão realizadas no Departamento de Ciência dos Alimentos (DCA). No período da manhã (9h às 11h30), serão expostas informações teóricas envolvendo técnicas e formas de produção de doces, embalagem e rotulagem. Essa primeira etapa será feita na sala de reuniões do DCA. Já durante a tarde (13h às 18h), as atividades serão práticas, desenvolvidas em Planta Piloto de laboratório do DCA. Os trabalhos serão conduzidos pelas mestrandas do Departamento Taísa Rezende Teixeira Faria, Daniela Maria Rodrigues e Rafaela Correa Pereira, além de duas graduandas. Na abertura do seminário de capacitação estarão presentes o professor do Departamento de Engenharia (DEG) e coordenador dos Engenheiros sem Fronteiras (ESF – Núcleo Lavras), Gilmar Tavares, e a professora do DCA Fabiana Queiroz. As capacitações pelas quais os agricultores vêm passando na UFLA fazem parte do “Projeto Marolo”, desenvolvido pelos ESF junto às 15 famílias de agricultores da AQUI3P. O projeto surgiu com o objetivo de incentivar o cultivo do fruto - característico do Cerrado - na região de Três Pontas, e também seu beneficiamento e aproveitamento para comercialização. À medida que o trabalho conjunto entre os ESF e os agricultores se desenvolveu, eles perceberam a necessidade de investir também no aproveitamento de outros produtos cultivados nas propriedades, o que tornou abrangentes os temas dos encontros promovidos na UFLA. Quando esteve na instituição em 30/5, o grupo recebeu informações sobre “Colheita e pós-colheita de frutas e verduras – processamento mínimo e cuidados com contaminação microbiológica” e “Qualidade de alimentos e higienização de maquinário”. Já no segundo encontro, realizado em 4/7, o foco foi a área de panificação. O coordenador do Projeto Marolo, Tiago Henrique da Silva, diz que, com os seminários de capacitação, a intenção é colaborar para que o grupo fique apto a iniciar as atividades na agroindústria. Durante o último seminário, o presidente da AQUI3P, Osvaldo Júnior, confirmou a importância do papel que a UFLA vem desempenhando no Projeto. “A assistência técnica de alta qualidade prestada pela Universidade, com envolvimento de diferentes departamentos e setores, tem colaborado com o associativismo e o fortalecimento do agricultor familiar”, diz. Sobre os ESF Em Lavras, as atividades dos Engenheiros Sem Fronteiras (ESF) iniciaram-se em setembro de 2012 e são coordenadas pelo professor Gilmar Tavares. Vinte e cinco estudantes da UFLA fazem parte da ONG e estão envolvidos no Projeto Marolo. Entre eles, encontram-se alunos de Engenharia Florestal, Engenharia Agrícola, Engenharia de Alimentos, Administração e Engenharia Ambiental. “O mais importante é que os resultados têm sido alcançados, porque temos o apoio de muitos parceiros, que nos ajudam a estruturar todas as ações, de forma a fechar o ciclo ‘produção, beneficiamento e comercialização’”, afirma Tiago. Sobre a AQUI3P 2Criada em 2013, a Associação é formada por famílias de agricultores de uma região da zona rural do município de Três Pontas. A parceria com os ESF estabeleceu-se há mais de um ano. Como uma das instituições contemplada com recursos do “Programa Eletrobrás-Furnas Social 2013”, a AQUI3P está adquirindo os equipamentos e utensílios necessários ao funcionamento da agroindústria criada pelos associados. Osvaldo conta que, com a agroindústria da Associação, as mulheres ficarão responsáveis por processar as matérias-primas e agregar valor a elas, dando origem a produtos como o suco de frutas, a mandioca processada, entre outros. A produção gerada atualmente pela AQUI3P tem como destino 13 escolas estaduais da região, que recebem os produtos por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). As parcerias O desenvolvimento do Projeto Marolo tem como parceiros a Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (Incubacoop/UFLA); as secretarias de Educação, Cultura e Agricultura de Três Pontas; a Associação Comercial e Agroindustrial de Três Pontas (ACAITP); o Centro Vocacional Tecnológico (CVT); o Grupython; Furnas Centrais Elétricas; o Núcleo de Estudos em Agroecologia, Permacultura e Extensão (Neap/DEG/UFLA); o Núcleo de Estudos em Energias Renováveis (Neer/DEX/UFLA); o Núcleo de Estudos em Qualidade de Alimentos (Nuquali); o Núcleo de Estudos em Embalagens para a Indústria de Alimentos (Nemia), além da rede Giroforte Supermercados. Também outras parcerias estão sendo formalizadas.
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.