Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Simpósio de Manejo de Unidades de Conservação traz vencedor do Nobel à UFLA

Publicado: Quarta, 03 Setembro 2014 12:07 | Última Atualização: Sexta, 29 Agosto 2014 05:30
simucUm dos palestrantes do Simpósio de Manejo de Unidades de Conservação, que será de 2 a 4 de setembro na UFLA, é o pesquisador Philip Martin Fearnside, vencedor do prêmio Nobel da Paz de 2007. O evento discutirá os desafios e os aspectos jurídicos relativos ao manejo de unidades de conservação – locais onde há proteção da fauna, flora, rios, montanhas, enfim, dos recursos naturais. Também atualizará o público-alvo sobre ferramentas que a sociedade pode usar para a manutenção e criação de novas unidades de conservação. O simpósio será focado principalmente nos temas pertinentes às unidades do Sul de Minas Gerais. As mesas-redondas, palestras e discussões ocorrerão no Auditório Magno Antonio Patto Ramalho, no Departamento de Biologia da UFLA (DBI), a partir das 17 horas. As inscrições estão encerradas. Prelecionistas O pesquisador Philip Martin Fearnside é biólogo e pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), onde estuda problemas ambientais decorrentes do desmatamento. Além disso, realiza estimativas de capacidade de suporte de agro-ecossistemas tropicais para populações humanas e estudos sobre impactos de diferentes modos de desenvolvimento. Desde a década de 1990, promove a captação do valor dos serviços ambientais da floresta amazônica como forma de desenvolvimento sustentável para as populações rurais naquela região. O prêmio Nobel, recebido em 2007, foi recebido em conjunto com outros pesquisadores do Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC). Por mais de 40 anos, Fearnside vem alertando sobre a destruição das florestas. Também integram a programação a ecóloga Kátia Cury (gestora do Parque Estadual Intervales e Estação Ecológica de Xituê); a engenheira florestal Selma Cristina Ribeiro (ICMBio); o engenheiro florestal Dalmo Arantes de Barros; Bergson Cardoso Guimarães (promotor de Justiça e coordenador Regional das Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente da Bacia do Rio Grande - Sul de Minas); e Leonardo Cardoso Ivo (ex-diretor de Áreas Protegidas do IEF-MG, administrador com especialização em Administração Financeira com ênfase na área ambiental). O evento é uma realização do Núcleo de Estudos de Manejo de Unidades de Conservação (Neuc) e Programa de Educação Tutorial Institucional (Peti Engenharia Florestal), com o apoio do DCF. Saiba mais sobre o evento em: http://simposiouc.wix.com/simposio.  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.