Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Revistas científicas da UFLA elevam o fator de impacto nas duas principais bases de dados JCR e SJR

Publicado: Sexta, 10 Outubro 2014 12:31 | Última Atualização: Sexta, 03 Outubro 2014 14:36
revistasAs revistas científicas da Universidade Federal de Lavras (UFLA) – Ciência e Agrotecnologia e Cerne registraram avanços na avaliação de duas importantes bases de dados: Journal Citation Reports (JCR), da Thomson Reuters e SCImago Journal Rank (SJR), da Scopus. As revistas são publicadas pela Editora UFLA. Das 11.519 revistas indexadas na base de dados JCR, no mundo, apenas 143 revistas são brasileiras, em todas as áreas do conhecimento (1,2% das revistas) e, neste grupo, estão representadas duas revistas da UFLA: Ciência e Agrotecnologia e Cerne. De acordo com o professor Renato Paiva, diretor da Editora UFLA e editor-chefe da Revista Ciência e Agrotecnologia, o desempenho das revistas da UFLA é resultado do esforço da equipe editorial e do investimento realizado pela Universidade na área de publicações científicas, visando ao reconhecimento nacional e internacional. Ele destaca o orgulho das revistas da UFLA figurarem em um seleto grupo de revistas indexadas, ser cada vez mais valorizada pela Capes e pelos autores e apresentar permanente crescimento de citações. Destaques No JCR 2013, a Ciência e Agrotecnologiaatingiu o fator de impacto - JCR 0,726, maior índice desde sua entrada nesta base de dados em 2006. Com esse índice, a revista da UFLA ocupa a 8ª posição entre as revistas brasileiras na área de Ciências Agrárias de acordo com o Qualis Capes, a 40ª posição entre as 143 revistas brasileiras (quando avaliadas todas as áreas do conhecimento) e a 24ª no mundo na categoria Ciências Agrárias e Multidisciplinar. Neste ano, a Cerne também atingiu o seu maior índice de fator de impacto JCR 0,360, enquanto em 2012 o índice era 0,215. Assim, passa a ocupar a 31ª posição entre as revistas brasileiras na área de Ciências Agrárias de acordo com o Qualis Capes, a 86ª posição entre as 143 revistas brasileiras (em todas as áreas do conhecimento)e a 13ª no mundo na área de Ciências Florestais. Na base de dados Scopus, das 29.385 revistas indexadas, 330 são brasileiras, ou seja, apenas 1,1% das revistas apresentam SJR. Novamente, neste grupo seleto de revistas científicas, a UFLA está representada pelas revistas Ciência e Agrotecnologia, Cerne e Coffee Science. Na última atualização deste índice, divulgado em setembro, a Ciência e Agrotecnologia apresentou SJR 0,618, e a Cerne apresentou SJR 0,552, ocupando a 18ª e 23ª posição na América Latina, respectivamente, entre as 711 revistas indexadas na Scopus. Nesta base de dados, a revista Ciência e Agrotecnologia se destaca na área de Veterinária, ocupando a 1ª posição no Brasil e a 35ª no mundo. Na área de Ciências Animais e Zoologia, a Ciência e Agrotecnologia ocupa 3ª posição no Brasil e a 85ª no mundo. A revista Cerne se destaca na área de Ciências Florestais, ocupando a 1ª posição no Brasil e a 36ª no mundo. A Coffee Science, única revista científica brasileira especializada em cafeicultura,  também já conquistou destaque com o SJR 0.29, ocupando a 7ª posição no Brasil, a 8ª posição na América Latina e a 227ª no mundo na área de Ciências Vegetais. Submissão de artigos A submissão de artigos originais e inéditos pode ser feita de forma contínua para estas revistas nos seguintes sites. http://www.editora.ufla.br/index.php/revistas/ciencia-e-agrotecnologia http://www.dcf.ufla.br/cerne/ http://www.coffeescience.ufla.br  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.