Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Membros dos Engenheiros Sem Fronteiras se reuniram com pró-reitor de Extensão e Cultura da UFLA

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Quarta, 15 Outubro 2014 14:54 | Última Atualização: Quinta, 09 Outubro 2014 13:26
SONY DSCDepois do reconhecimento alcançado pelos Engenheiros Sem Fronteiras (ESF - Núcleo Lavras) no final de agosto, quando foram premiados no I Congresso Nacional promovido pela ONG, os projetos que garantiram as conquistas foram a pauta de uma reunião do grupo com o pró-reitor de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Lavras (Proec/UFLA), professor José Roberto Pereira. O encontro ocorreu nessa quarta-feira (8/10) à tarde, no Salão dos Conselhos, prédio da Reitoria. Os membros do ESF, acompanhados pelo coordenador do Núcleo e professor do Departamento de Engenharia (DEG) Gilmar Tavares, apresentaram ao pró-reitor cada um dos projetos desenvolvidos. De acordo com o professor Gilmar, a linha de trabalho adotada pelos ESF em Lavras tem a finalidade de dar assistência aos grupos sociais menos favorecidos. “Nossa meta é fazer com que a ciência e tecnologia sejam utilizadas para melhorar a vida das pessoas”, disse. Professor José Roberto parabenizou o Núcleo pelo trabalho e pelas conquistas, além de ter manifestado apoio da Proec às iniciativas. Ele destacou a importância de as entidades de extensão realizarem projetos conjuntos. “Os Engenheiros Sem Fronteiras já demonstram esse intercâmbio com outras entidades, envolvendo núcleos de estudos e empresas juniores, por exemplo, em suas atividades”, comentou. “É mais uma organização na UFLA, constituída por estudantes, que contribui com a extensão”. SONY DSC Sobre os prêmios Segundo núcleo dos Engenheiros Sem Fronteiras criado no Brasil, a equipe de Lavras nasceu em setembro de 2012. Conta atualmente com 15 membros efetivos e cerca de 60 voluntários, sendo grande parte deles estudantes de diferentes cursos da UFLA. Nesse tempo de atuação, desenvolveu projetos que deram ao grupo três prêmios no I Congresso Nacional dos Engenheiros Sem Fronteiras, realizado entre os dias 29/8 e 31/8. Seus trabalhos foram vencedores nas categorias Projeto de maior repercussão/impactoMais pessoas beneficiadas durante o último ano e Maior desenvolvimento organizacional no último ano. Projeto Quintal Verde: primeiro projeto da ONG, teve início no ano de 2012, com o intuito de ensinar crianças em colégios públicos de Lavras a cultivar hortas orgânicas sem o uso de agroquímicos e produtos fitossanitários. Atualmente a ONG colabora com a manutenção de hortas no colégio Caic e na Escola Estadual Cristiano Souza. Projeto Marolo: o projeto tem o objetivo de criar vias sustentáveis para resgatar a produção da Annona Crassiflora (Marolo), que encontra-se em erradicação no Cerrado brasileiro. É desenvolvido juntamente com os agricultores do Quilombo Nossa Senhora do Rosário, em Três Pontas (MG). A busca é por técnicas para a produção de sementes, plantio, manejo, conservação, comercialização e encaminhamento da espécie, que é nativa no município. Os integrantes da Associação dos Agricultores Familiares do Quilombo Nossa Senhora do Rosário de Três Pontas (AQUI3P) já passaram por três capacitações na UFLA, nas áreas de doces, panificação e manipulação de alimentos. Projeto Vista Alegre: iniciado em 2013, busca a melhoria das condições de vida da população do bairro Vista Alegre, classificado pelo município como um dos mais carentes de Lavras. Entre as atividades já realizadas estão a aplicação do questionário de diagnóstico participativo, o evento de recreação no dia das crianças,a conscientização sobre reciclagem, a oficina de cartonagem, a oficina de composteira doméstica e reaproveitamento de alimentos. Atualmente, os voluntários estão trabalhando na conscientização sobre representação política, na formação de uma associação de moradores e na melhoria das condições da quadra de esportes – única opção de lazer para as crianças no bairro. Projeto GPS – Geração de Parcerias Sustentáveis: o projeto busca estabelecer parcerias entre instituições de Lavras e núcleos de estudos da UFLA. O intuito é tornar a estrutura dessas instituições mais sustentáveis e agradáveis para as pessoas que as frequentam. Atualmente, o projeto trabalha com o Parque Francisco de Assis, com aprimoramento da captação de água de chuva para uso na lavagem dos canis, além da construção de um novo canil para os filhotes, contribuindo para reduzir a mortalidade dos cães nos primeiros meses de vida. Há investimentos também na recuperação ambiental da área adjacente a um córrego que passa pelo local, realizada em parceria com o Núcleo de Estudos da Silvicultura, do curso de Engenharia Florestal. Núcleo de Eventos e Núcleo de Desenvolvimento: criados em abril de 2014, os núcleos buscam auxiliar na elaboração de eventos relacionados aos projetos, à capacitação dos membros voluntários e à divulgação do ESF em Lavras, além do desenvolvimento de tecnologias socioambientais que auxiliem nas técnicas utilizadas nos projetos em andamento. Já foram realizados pelo Núcleo de Eventos a I Semana de Capacitação do Engenheiros Sem Fronteiras, o ESF na Praça, a Ação no Semáforo e o Minicurso de Captação de Água de Chuva para Fins de Reúso. O Núcleo de Desenvolvimento trabalhou na construção de uma composteira doméstica e, atualmente, investe no projeto de uma fossa séptica que será alternativa de tratamento de efluentes para a zona rural.    

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.